Corinthians arranca empate no fim em pênalti cobrado por Guerrero

Sãoo Paulo – Depois da estreia na Libertadores, o Corinthians visitou o Bragantino neste domingo (24) pelo Paulistão Chevrolet 2013 e perdia até os acréscimos do segundo tempo quando conseguiu o empate em cobrança de pênalti, em partida que terminou com o placar de 2 a 2.

Com 14 pontos, o Corinthians fica na oitava posição do campeonato. Com 13, o Bragantino está na parte intermediária da tabela.

Lincom, de cabeça, tentou a primeira finalização do jogo, que foi para fora. O Bragantino tentava usar o jogo aéreo para surpreender o Corinthians, que por sua vez buscava a velocidade para atacar a equipe da casa. Aos 12 minutos, Fábio Santos fez a jogada e deixou para Alexandre Pato fazer o chute, defendido pelo goleiro do Bragantino.

O Corinthians buscava fazer pressão na defesa do time de Bragança Paulista. Alexandre Pato tentou novamente aos 21 e viu Rafael Defendi ficando com a bola. Depois, Romarinho fez a tabela com Renato Augusto e arriscou o chute, acertando a trave. O Bragantino pouco mostrava perigo à defesa corintiana. Lincom ficou com a bola na área e mesmo com Gil tentando o desarme, chutou a bola para fora. Aos 42, Malaquias foi lançado e tentou o chute na saída de Cássio, mas o goleiro do Corinthians conseguiu evitar o gol.

No começo do segundo tempo, o Bragantino abriu o placar com Léo Jaime, que aproveitou bola cruzada por Diego Macedo para conseguir marcar o gol no Nabi Abi Chedid.

Rapidamente o Corinthians reagiu e conseguiu o empate, com Alexandre Pato. Renato Augusto foi para o chute e a bola acabou sobrando para Pato arrematar e marcar o gol.

O Bragantino também respondeu rápido e fez o segundo aos nove minutos. Diego Macedo bateu falta e Lincom apareceu na área para o cabeceio, que Cássio tentou defender, mas depois de tocá-lo, a bola entrou no gol.

Serginho arriscou o chute e a bola passou perto do travessão corintiano. O Bragantino procurava pressionar o Corinthians, que tentava espaço para criar as jogadas. Aos 21, Edenílson cruzou para Romarinho tentar o cabeceio, mas desperdiçar a chance. Depois, também de cabeça, Alexandre Pato colocou a bola pela linha de fundo. Guerrero também teve sua chance de marcar, trazendo perigo para a meta de Rafael Defendi.

O Bragantino procurava ficar na defesa e o Corinthians seguia atacando, à espera de espaço para tentar o gol de empate. A pressão corintiana se intensificou nos minutos finais, conseguindo o pênalti aos 48 minutos, quando Raphael Andrade tocou com o braço na bola e o árbitro assinalou a penalidade e deu o cartão vermelho ao jogador do Bragantino. Guerrero cobrou e empatou o jogo.

O Corinthians faz o clássico com o Santos na próxima rodada. O Bragantino tem pela frente o Sorocaba.

Ficha técnica

Bragantino 2 x 2 Corinthians

Local: Nabi Abi Chedid, Bragança Paulista;

Árbitro: Leandro Bizzio Marinho;
Assistentes: Fabricio Porfirio de Moura e Claudenir Donizeti Gonçalves da Silva;
Assistentes adicionais: Guilherme Ceretta de Lima e Regildenia de Holanda Moura;
Quarto árbitro: Marcos Silva dos Santos Gonçalves

Corinthians: Cássio; Edenílson, Gil, Paulo André (Guilherme) e Fabio Santos (Igor); Ralf, Paulinho e Douglas (Guerrero); Romarinho, Renato Augusto e Alexandre Pato

Bragantino: Rafael Defendi; Raphael Andrade, André Astorga e Kadu; Diego Macedo, Neto, Geandro (Robertinho), Serginho e Léo Jaime (Graxa); Lincom e Malaquias (Cairo).
Técnico: Mazola Júnior.

Gol: Léo Jaime (BRG) a 1, Alexandre Pato (COR) aos 3, Lincom (BRG) aos 9, Guerrero (COR) aos 48 (pen) do segundo tempo

CA: Geandro, Neto, Graxa e Raphael Andrade (BRG); Fábio Santos (COR).

Notícias Relacionadas