Príncipe Philip comete gafe em hospital londrino

Príncipe Philip da InglaterraO príncipe consorte do Reino Unido, Philip de Edimburgo, cometeu mais uma de suas lendárias gafes. Durante uma visita a um hospital em Londres, ele falou a uma funcionaria de origem filipina que “as Filipinas estão um pouco vazias, vocês estão todos aqui trabalhando no serviço sanitário nacional”.

A frase gerou risadas das pessoas presentes no local, que encobriam o constrangimento da mulher pela atitude que poderia ser considerada racista.

No final da visita, o hospital emitiu um comunicado no qual esclarecia que o príncipe Felipe estava muito alegre e fez piadas com todos que encontrava, levantando a moral dos médicos e dos enfermeiros.

O Duque de Edimburgo, de 91 anos, tem um histórico de gafes cometidas em ocasiões publicas, algumas das quais provocaram sérios incidentes diplomáticos, como em 1967 em uma visita à União Soviética. “Gosto muito de ir à Rússia, apesar de os bastardos terem matado metade da minha família”, disse ele.

Em 2000, na cerimônia de inauguração da nova embaixada britânica em Berlim, no valor de 18 milhões de libras, ele disse: “É um enorme desperdício de espaço”. As gafes de Filipe não poupam idades, nem nacionalidades.

“Parecem as filhas do Drácula”, disse ele em 1998, diante das alunas do colégio Queen Anne, em Reading, que usam uniforme vermelho.

“Ainda atiram lanças uns nos outros?”, perguntou Philip de Edimburgo, em 2002, na Austrália, para o líder da comunidade aborígine. (AnsaLatina)

Notícias Relacionadas