Wagner pode turbinar César Borges com cargos da Agência de Saneamento

José Luiz Oliveira comandou a Agerba no governo de César Borges e hoje é diretor da Agência de Saneamento de São Paulo, a Arsesp. Fez um grande trabalho até 2003 na Agerba, colocando a agência baiana da área de transporte como destaque do mercado de regulação.
REDAÇÃO DO JORNAL DA MÍDIA

Para acalmar alguns descontentes do PR que querem deixar o partido, o governador Jaques Wagner deve liberar em breve um coquetel de oxigênio para o partido do aliado César Borges.

Ainda sem pressa para anunciar a reforma do governo, Wagner estaria propenso a destinar a César Borges o controle da Agência de Saneamento, a Agersa, criada no final do ano passado pelo governo.

E quem mais estaria trabalhando por isso é nada mais nada menos que o vice-governador e secretário de Infraestrutura, Otto Alencar, amigo pessoal de César Borges e talvez o aliado mais fiel de Wagner. Otto é tido também como o secretário de melhor desempenho neste segundo mandato de Wagner.

É bom lembrar que o PR de César Borges já foi contemplado com a escolha de José Lúcio para a presidência da Conder, empresa que responde por obras importantes no setor de infraestrutura do governo. Como a diretoria da Agersa é provisória, as coisas ficam mais fáceis para o preenchhimento dos cargos.

Além da força de Otto Alencar, conta muito a favor de César Borges o grande desempenho que a Agerba (Agência de Transportes) teve durante a gestão do ex-governador. Apesar de ter sido criada por Paulo Souto, foi no governo de Borges que a Agerba deslanchou e virou referência nacional. Hoje, anda muito decadente.

Por conta do nome e do prestígio que a Agerba tinha no mercado nacional de regulação, seu ex-diretor geral, José Luiz Oliveira, amigo pessoal de César Borges, foi convidado em 2009 para a diretoria da Agência Reguladora de Saneamento de São Paulo, a Arsesp. Já tem cinco anos no cargo de Diretor de Saneamento.

José Lúcio, da Conder, tem trocado ideias ultimamente com José Luiz sobre agências de regulação e sobre o modelo que deveria ser adotado para a baiana Agersa. Mas não passa disso.

Notícias Relacionadas

1 Comentário

  1. Ivany

    Taj certo o governador. Tem a entregar a agência a gente competente. Profissionaliza a agência governador.

Comentários estão suspensos