Corinthians acredita que jogo de 4ª feira pela Libertadores será cancelado

Ao decidir esgotar todas as instâncias na justiça, de maneira que seus torcedores com ingressos possam ver a equipe em ação pela Copa Libertadores, o Corinthians pretende se resguardar. O time brasileiro foi punido pela Conmebol, que determinou a realização das partidas do atual campeão do torneio sem a presença de alvinegros. Com o imbróglio jurídico, no clube acredita-se até na não realização do jogo previsto para quarta-feira, contra o Millonarios de Bogotá.

Levar os recursos ao limite seria a única maneira de o Corinthians se resguardar do risco de sofrer com milhares de processos movidos por pessoas que detêm bilhetes para as partidas. Alguns desses torcedores, acredita-se, poderão ir à justiça pedindo a preservação de seus direitos, gerando a possibilidade de o jogo de quarta-feira não acontecer. Para isso, em tese bastaria que um juiz determinasse a não realização do cotejo por intermédio de uma medida cautelar, por exemplo. O argumento seria a presevação do direito de quem pagou para ver o espetáculo, alguém que não se contente em receber o dinheiro de volta e insista em ver a peleja no estádio.

A forma como a Conmebol puniu o clube causou irritação no Parque São Jorge. Os corintianos não teriam sido oficialmente comunicados, por exemplo, sobre os procedimentos para a partida com portões fechados. Não estariam claras questões como quem poderia ou não entrar no Pacaembu, quais e quantos seriam os profissionais em ação, trabalhando; quais e quantos seriam os dirigentes admitidos no estádio, etc. (ESPN)

Notícias Relacionadas

2 Comentários

  1. cleofas da silva viana

    Certíssima a decisão da justiça, volta e meia vidas são ceifadas por esses bandidos travestidos de torcedores, sou corintiano mas as organizadas ,todas elas sem distinção devem ser banidas dos estádios, e não adianta o corinthians ou qualquer outro clube perguntar oi que eles tem a haver com isso? Têm tudo sim senhor, pois franquia ingressos para as torcidas, lógico que não s]ao todos, os bandidos são minoria, mas como não está escrito na testa:”SOU DA PAZ” que as medidas atinjam a todos

  2. Claudemir Bitencourt

    Acredito que ficou barato esta punição ao Corinthians, se fosse com qualquer outro clube brasileiro de fora do eixo Rio/São Paulo teria sido no mínimo desclassificado pela Comebol.

Comentários estão suspensos