Malafaia processará site que tenta cassar seu registro de psicólogo

O pastor Silas Malafaia foi entrevistado pela jornalista Marília Gabriela no programa "De Frente com Gabi", do SBT; o principal assunto da entrevista foi homossexualidade e gerou polêmica. (Carol Soares/SBT)
O pastor Silas Malafaia foi entrevistado pela jornalista Marília Gabriela no programa “De Frente com Gabi”, do SBT; o principal assunto da entrevista foi homossexualidade e gerou polêmica.
O pastor evangélico Silas Malafaia disse na quarta-feira (20) que vai processar por “assédio moral” o site Avaaz.org e seu diretor de campanhas no Brasil, Pedro Abramovay, ex-secretário nacional de Justiça.

Líder da igreja carioca Assembleia de Deus Vitória em Cristo, Malafaia virou tema de dois abaixo-assinados na Avaaz. O primeiro, criado no dia 8, pedia que seu registro de psicólogo fosse cassado. A essa ação, uma reação: um evangélico do Rio Grande do Sul lançou uma petição pela “não cassação” do religioso.

O segundo pleito, contudo, que chegou a reunir 65 mil assinaturas pró-Malafaia (contra 55 mil adesões do texto revés), foi excluído do site.

A Avaaz é uma organização internacional surgida em 2007 que promove campanhas virtuais, usando a internet para coletar assinaturas. “Avaaz” significa “voz” em algumas línguas orientais.

Por aqui, o site abrigou causas a favor dos índios guarani-caiová e da saída do presidente do Senado, Renan Calheiros, por exemplo.

A regra prevê que uma campanha seja vetada se “ferir os princípios da própria comunidade”, diz Abramovay.

‘Doutor’ Silas – Malafaia considera a Bíblia o “maior manual de comportamento humano do mundo”. Mas decidiu se especializar também na ciência de Freud e, em 2006, pegou seu diploma de psicologia de uma universidade particular do Rio.

Seu título de “doutor”, contudo, está a perigo. A Folha apurou que o Conselho Regional de Psicologia do Rio avalia, em processo que corre em sigilo, se deve cassar seu registro profissional.

A pressão contra Malafaia começou após uma entrevista no programa “De Frente com Gabi” (SBT), de Marília Gabriela, há três semanas.

O pastor defendeu a “ordem cromossômica de macho e fêmea” e criticou a adoção de crianças por casais homossexuais: “Não acredito que dois homens possam criar uma criança perfeita”.

A petição contra Malafaia se baseia em artigo do Conselho Federal de Psicologia que proíbe tratar homossexualidade como transtorno.

Ontem, Abramovay disse à Folha que a contrapartida favorável ao pastor era “lobby para práticas homofóbicas”.

Após a declaração, Malafaia afirmou que entrará na Justiça contra ele. Definiu a exclusão da campanha que o favorecia como “afronta à democracia”. “[Abramovay] Vai ter que provar que sou homofóbico. Vou lascar esse cara.”

Abramovay rebateu: “Ele pode abrir essa petição onde quiser. Mas não na Avaaz”.

O pastor diz que nunca atendeu homossexuais no divã. Já no púlpito, “a fila é grande”, afirma.

Ele abriu em seu site, Verdade Gospel, abaixo-assinado em sua defesa. Até ontem, eram 122 mil adeptos. Já a campanha contra ele na Avaaz tinha 70 mil assinaturas. (Folha)

Notícias Relacionadas

2 Comentários

  1. Claudio Adriano Lopes

    Eu não acredito que estamos vivendo uma fase de persseguição religiosa.Mas as vezes fico inclinado a acreditar que essa historia de liberdade de expressão é liberdade de opressão.Se todos lessem a biblia não precisava essa luta dos cristão para trazer a luz aos que não enxergam a verdade,foi Deus que escreveu a Biblia e não Dr Silas Malafaia,tudo que ele quer é que o homen tenha lucidez das verdades desse livro que ñao se molda as vontades dos homens. Estou com o pastor Silas.Tenho certeza que Deus não vai deixar nimguén tirar uma de suas conquistas,seu diploma de psicologo. paz seja com vocês.

  2. Luiz Carlos

    Esses pastores modernos, televisivos, são uns espertalhões,os principais “líderes”, inclusive esse histérico, estão todos ricos e os pobres coitados que os acompanham na mesma merda de sempre; aqui e ali uma cura de doentes psicosomáticos, mudanças de hábitos e só. Esse tal de Malafaia, dizem, já amealha riqueza de R$150.000.000,00 (ceento e cinquenta milhõesde reais) IDIOTAS OS QUE NELE ACREDITAM. Fonte: FORBES.

Comentários estão suspensos