Grêmio dá olé no Fluminense no Engenhão e assume liderança do grupo

A atuação do argentino Hernán Barcos desequelibrou o jogo e o Grêmio venceu fácil
Rio de Janeiro – Em partida válida pela segunda rodada da Copa Libertadores, o Fluminense foi derrotado pelo Grêmio por 3 a 0, nesta quarta-feira (20), no Engenhão. O argentino Barcos teve grande atuação e o Grêmio deu uma verdadeira aula de marcação e eficiência. Os gols foram de Barcos (Bruno fez contra, mas arbitragem deu o gol para o argentino), André Santos e Vargas.

Com o resultado, o Grêmio embolou de vez o Grupo 8, após a vitória por 3 a 1 do Caracas sobre o Huachipato, no Chile. Todos os times agora têm três pontos, mas o Tricolor gaúcho é líder pelo saldo de gols (2), e o clube carioca virou lanterna, também pelo cirtiério de desempate (tem -2). Curiosidade, os quatro jogos da chave até o momento tiveram vitórias dos visitantes.

A partida começou com muita troca de passes, marcação forte e poucas finalizações. O primeiro tempo foi marcado pelo equilíbrio e posse de bola dividida. O jovem atacante Wellington Nem demonstrou raça em campo e dificultou lances do time porto alegrense.

Mesmo com uma boa marcação tricolor, que fez com que o Grêmio precisasse trocar passes em busca de espaços, o time do sul abriu o marcador aos 32 minutos, com gol de cabeça de Barcos após cobrança de escanteio de Elano. Aos 35, Wellington Nem ainda tentou deixar tudo igual.

No retorno do vestiário, o tricolor gaúcho manteve sua postura ofensiva. O time ampliou aos 10 minutos, com gol de André Santos em rebote de Diego Cavalieri e, aos 24 minutos, com chute cruzado do Vargas.

Uma das melhores chances do Fluminense foi aos 44 minutos, com Fred. O atacante dominou na área e chutou, porém o goleiro Dida defendeu.

Notícias Relacionadas