Saldo para financiamento de veículos soma R$ 200 bilhões em 2012

Fernanda Cruz
Agência Brasil

São Paulo – O crédito para financiamento de veículos no país cresceu 0,3% no ano passado, na comparação com 2011, totalizando um saldo de R$ 201,6 bilhões, de acordo com a Associação Nacional das Empresas Financeiras das Montadoras (Anef).

Segundo a entidade, dos 3,6 milhões de automóveis licenciados em 2012, 39% foram pagos à vista. A modalidade de Crédito Direto ao Consumidor (CDC) foi a preferência de 51% dos compradores. Já 8% deles adquiriram os automóveis por meio de cotas de consórcios, e o leasing foi responsável por 2% dos pagamentos.

De acordo com o presidente da Anef, Décio Carbonari, o consórcio teve uma importância muito grande como modalidade de venda de veículos. “As vendas de consórcio explodiram”, avaliou.

Em 2008, as vendas de veículos por meio de consórcios representavam 4% do total e passaram para 8% em 2012. “Com as políticas de crédito mais restritivas dos bancos, o consórcio tornou-se uma maneira mais fácil, acessível”, acrescentou.

As taxas de inadimplência no financiamento por CDC para pessoa física (atraso no pagamento acima de 90 dias) apresentaram queda. Após atingir o auge em maio, quando chegou a 6,1%, a taxa caiu nos meses posteriores, fechando o ano em 5,3%.

Notícias Relacionadas