Patriota e Timerman fazem reunião prévia ao encontro de Dilma com Cristina Kirchner

Brasília – A pouco mais de duas semanas da reunião das presidentas Dilma Rousseff e Cristina Kirchner, da Argentina, em El Calafate, na Patagônia (argentina), no próximo dia 7, os ministros das Relações Exteriores dos dois países conversam hoje (19) no Rio de Janeiro. A reunião dos chanceleres faz parte de uma série de encontros periódicos para tratar temas bilaterais, principalmente nas áreas econômica e comercial.

Os ministros Antonio Patriota, do Brasil, e Héctor Timerman, da Argentina, reúnem-se de manhã e, em seguida, às 14h, concedem entrevista coletiva no Hotel Copacabana Palace.

Os governos dos dois países, em 2012, firmaram mecanismo de coordenação dos projetos considerados prioritários de cooperação bilateral, denominado Diálogo de Integração Estratégica Brasil-Argentina.

O intercâmbio entre o Brasil e a Argentina passou de US$ 7,1 bilhões, em 2002, para US$ 34,4 bilhões em 2012. De acordo com o Ministério das Relações Exteriores, foi a segunda melhor marca da história (apesar da queda de cerca de 13% com relação a 2011 – ano de melhor resultado histórico, da ordem de US$ 39,6 bilhões).

O Brasil é o principal parceiro comercial da Argentina. A Argentina é o terceiro parceiro comercial individual do Brasil. O fluxo comercial bilateral é composto em mais de 83% por bens industrializados.

Notícias Relacionadas