Itamaraty dá cano em funcionários da Presidência

CLÁUDIO HUMBERTO

Responsável pelo pagamento das diárias de seguranças e assessores da Presidência da República em viagens internacionais, o Ministério das Relações Exteriores faz do calote uma regra. Dormem na gaveta dos restos a pagar, por exemplo, as despesas de quem acompanhou o vice-presidente Michel Temer em vistas oficiais Londres, Suécia, Lisboa e Lima. Quem acompanha Dilma também se dá mal nas contas.

Mau pagador – Entre dezembro de 2007 e abril de 2008, a dívida do Itamaraty junto a tripulantes do AirForce 51 chegou aos US$ 295 mil (R$ 580 mil, hoje). (Coluna de Cláudio Humberto)

Notícias Relacionadas