Caso Yoani Sánchez: Brasil se pretende uma democracia

LUÍS AUGUSTO GOMES

Inqualificável a reação de grupos pró-Cuba à presença da jornalista Yoani Sánchez em Feira de Santana (BA), agindo a ponto de impedir a exibição do filme para a qual a visitante era convidada especial.

Falamos com absoluta tranquilidade e insuspeição sobre o assunto, porque somos a favor da autodeterminação dos povos e condenamos com veemência a interferência dos Estados Unidos na vida cubana – e de quase todos os países do mundo.

Mas, diante dos fatos ocorridos na Princesa do Sertão, não podemos deixar de nos preocupar com o que seriam capazes de fazer no Brasil tais manifestantes se algum dia chegassem a exercer poder incontrastável. (Por Escrito)

Leia também:

Notícias Relacionadas

1 Comentário

  1. Agostinho Santos

    Manter bases, ou forças militares, ou organismos, sejam de qualquer finalidade, é tambem clara intromissão em assuntos de paises soberanos.É uma afronta e humilhação para aqueles que deveriam administrar com competencia os interesses de suas nações e para isso é que foram eleitos por seus cidadãos.

Comentários estão suspensos