Quadrilha de traficantes iria despejar meia tonelada de maconha em Salvador

Salvador – Resultado de mais uma ação da Força-Tarefa, composta pelas polícias Militar e Civil, além do Ministério Público Estadual (MPE), foram apresentados à imprensa na tarde de hoje (18), na sede da Secretaria da Segurança Pública, no Centro Administrativo da Bahia, Jéfferson de Araújo Barbosa, 25 anos, Lucas Pereira de Araújo, 28, Thiago Elias Medeiros da Silva, 25, e Judson Alex de Jesus dos Reis, 20, traficantes que traziam meia tonelada de maconha para ser distribuída em Salvador.

Os traficantes Jéfferson de Araújo Barbosa, 25 anos, Lucas Pereira de Araújo, 28, Thiago Elias Medeiros da Silva, 25, e Judson Alex de Jesus dos Reis, 20, posam para foto junto aos 500quilos de maconha apreendidos.

Um adolescente de 17 anos, que também participava da ação, foi apreendido e um quinto integrante da quadrilha conseguiu escapar do cerco policial. Além da maconha, foi apreendido com o bando um automóvel, modelo van, de cor branca, placa OKU-5234, utilizado para o transporte da droga.

“Este é mais um trabalho fruto da integração dos órgãos que visam a combater a criminalidade em nosso estado”, afirmou o delegado Jorge Figueiredo, diretor do Departamento de Narcóticos (Denarc), ao lembrar que a operação teve início através de uma denúncia anônima e que culminou na prisão dos traficantes e na interceptação de um grande carregamento de maconha. Ele ressaltou ainda que a droga é de excelente qualidade e está avaliada aproximadamente em R$ 500 mil.

Articulação – Já o Coordenador do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas e de Investigações Criminais (Gaeco), promotor Ariomar Figueiredo, assegurou que o sucesso da operação foi decorrente de um trabalho da articulação do MP com a polícia. O comandante do grupo Gêmeos da PM, major Washington Costa, destacou a perseguição aos criminosos na BR-324 e a interação da guarnição da PM com as equipes do Denarc.

Denúncias anônimas ajudaram a Polícia Militar a localizar e destruir, no final de semana (16 e 17), 52,8 mil pés de maconha em Curaçá, Região Norte do estado. Na manhã de domingo (17), integrantes da Companhia Independente de Policiamento Especializado da Caatinga encontraram 32 mil pés da cannabis sativa na localidade de São Baeté, distrito de Riacho Seco. Também ali foram apreendidos um motor de irrigação, dois sacos de fertilizantes e quatro enxadas, pertencentes a um homem conhecido por “Neném Cobra”.

Na outra denúncia anônima, feita na tarde de sábado (16), uma guarnição da 45ª Companhia Independente de Polícia Militar (Curaçá) localizou 20,8 mil pés da droga numa roça na Ilha Redonda de Cima, pertencente ao distrito de Pedra Branca, onde também foram apreendidas duas bombas de irrigação.

As amostras desse plantio apontaram para um tipo de erva desconhecida no Norte da Bahia, a “cannabis índica”, que possui forma diferenciada de cultivo em relação à cannabis sativa, o tipo mais encontrado.

Os policiais militares erradicaram e incineraram toda a droga e procederam a coleta de amostras da maconha para apresentação, junto com os objetos apreendidos, na Delegacia Territorial de Curaçá. Os responsáveis pelo plantio não foram localizados e o serviço de inteligência prossegue com os trabalhos para prender os envolvidos.

Notícias Relacionadas