Projeto de lei pode inviabilizar partido de Marina Silva

CLÁUDIO HUMBERTO

A Câmara dos Deputados deverá votar projeto de lei que aumenta de 492 mil para 1,5 milhão o número de assinaturas necessárias para a criação de um novo partido. Caso aprovada, a proposta pode inviabilizar a tentativa da ex-senadora Marina Silva, que conquistou mais de 20 milhões de votos nas eleições presidenciais, de criar uma nova legenda, pela qual disputaria a sucessão de Dilma em 2014.

Lei anti-Marina – Aliados de Marina suspeitam de dedo do governo na proposta, que tramita em caráter de urgência. Poderia eliminar adversária de Dilma.

Sobrevivência – Traumatizados após perder filiados para o PSD de Gilberto Kassab, partidos menores e de oposição a restrição a novas agremiações.

Festival – Autor da proposta, Lincoln Portela (PR-MG) diz que o objetivo é coibir o “festival de partidos” que estão sendo criados após o êxito do PSD. (Coluna de Cláudio Humberto)

Notícias Relacionadas