Greve da Iberia causa cancelamento de mais de 200 voos

AGÊNCIA ANSA

Madri – Mais de 200 voos foram cancelados pela companhia aérea espanhola Iberia, no primeiro dos cinco dias de greve que os funcionários irão fazer devido a reestruturação da empresa, que prevê a demissão de quase 4 mil funcionários.

A greve gerou problemas para milhares de passageiros, inclusive em ligações com outras empresas como Iberia Express, Vueling e Air Nostrum , que compartilham serviços de assistência da Iberia.

Segundo fontes da companhia, as conexões ocorrem “com relativa normalidade” e foram garantidos os serviços básicos, referentes a 28% dos programados.

A Iberia garante que “85% dos 70 mil passageiros envolvidos nas dificuldades” do primeiro dia de greve, “foram recolocados em outros vôos, enquanto os 10 mil restantes terão o reembolso das passagens”.

Fontes sindicais garantem que o protesto foi aderido por 100% dos trabalhadores de serviços de cabine, assistência em terra, serviços técnicos ou administrativos, que não estão envolvidos em serviços mínimos.

A onda de greves é dirigida contra o plano de reestruturação da Iberia, desde 2011 em fusão com a British Airways, que inclui demissões cerca de 4 mil funcionário, corte de 19% da força de trabalho, redução de salários e corte de 15 % das rotas para 2012.

Notícias Relacionadas