Renan Barão finaliza McDonald e mantém cinturão do UFC

Não foi na “paraibagem”, como prometido no UFC São Paulo, mas na disputa de quem estabeleceria a marca mais expressiva do MMA atual, o brasileiro Renan Barão levou a melhor. Com 30 vitórias consecutivas na carreira – a maior sequência da atualidade – o potiguar impediu que o americano Michael McDonald – segundo colocado no ranking oficial do UFC – se tornasse o mais novo campeão do UFC no formato atual. Com uma atuação segura e muito estratégica, o campeão – que entrou para a luta com um protetor bucal fluorescente – finalizou o americano com um kata-gatame aos 3m57s do quarto round, mantendo o cinturão interino dos pesos-galos do UFC.
Renan Barão aplica o kata-gatame para finalizar Michael McDonald no UFC em Londres (Foto: Getty Images)

– Estou me sentindo muito feliz, venho fazendo um trabalho muito duro. Fui para o Rio de Janeiro me preparar para essa luta, mas vou comemorar na Quinta. Um beijo a todos! Obrigado a todos por estarem aqui. Dominick Cruz, eu quero você! – disse Barão após a luta.

O primeiro round começou com o brasileiro tentando um chute rodado e, pouco depois, levando McDonald para o chão, ficando na guarda do americano. Após alguns momentos de estudos, Barão buscou avançar, mas recebeu um golpe forte de direita e sentiu, dobrando as pernas. McDonald buscou aproximar-se para continuar a conectar golpes, mas o brasileiro inverteu o domínio do rival e ficou em posição de vantagem, acertando dois bons socos no desafiante. Após a luta voltar a ser disputada em pé, Barão conseguiu levar o rival para o chão, onde ficou até o fim do round. (SporTV)

Notícias Relacionadas