Polícia tenta prender 100 pessoas envolvidas com atentados em SC

Antes do amanhecer deste sábado (16), a Polícia Civil deflagrou a primeira grande operação nas ruas após a chegada da Força Nacional a Santa Catarina. Reunidos desde as 4h na Academia de Polícia Civil, em Canasvieiras, na Capital, centenas de policiais saíram em grupos para diferentes pontos da Ilha a partir das 5h10min. Contingentes também se mobilizaram ao mesmo tempo em outras cidades do Estado. O objetivo é cumprir cerca de cem mandados de prisão temporária, além de outras centenas de busca e apreensão.

Um dos grupos de policiais, com cerca de 30 homens, chegou ao Morro do Horácio, na Agrônomica, ainda de madrugada. Por volta das 6h30min, os policiais — munidos de mandado — entraram na casa da mulher do traficante Rodrigo de Oliveira, conhecido como Rodrigo da Pedra. Ali, apreenderam uma espingarda calibre 12.

A operação é resultado de uma investigação da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic), iniciada após a nova onda de atentados, há duas semanas, e continuará ao longo de toda a manhã de sábado.(Clic RBS)

Notícias Relacionadas