Cruz Vermelha e ONG colombiana resgatam policiais sequestrados pelas Farc

Leandra Felipe
Correspondente da Agência Brasil/EBC

Bogotá- A missão humanitária composta por integrantes do Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICR) e membros da organização não governamental (ONG) Colombianos e Colombianas pela Paz resgataram no final da manhã de hoje (15) os policiais Cristian Camilo Iate e Víctor González. Segundo o CICR, os dois foram entregues pelas Forças Revolucionárias da Colômbia (Farc) em bom estado de saúde. Eles foram sequestrados pela guerrilha no começo de fevereiro.

A missão está regressando do local em que os policiais foram entregues, o povoado de La Cilia, a mais 1.700 metros do nível do mar, no norte de Cauca, departamento no Sudoeste do País. A ex-senadora Piedad Córdoba, representante da ONG, disse que a libertação facilitará as negociações de paz entre o governo da Colômbia e a guerrilha.

A missão partiu hoje de manhã para resgatar os policiais, depois do adiamento da libertação, esperada para quinta-feira (14). As Farc adiaram a entrega por alegarem que “havia grande presença midiática na missão”.

Segundo a ONG Colombianos e Colombianos pela Paz, a operação para libertar o soldado Josué Álvarez Meneses, sequestrado pelas Farc em janeiro do ano passado, poderá ser adiada para o próximo domingo (17). Inicialmente a libertação estava prevista para este sábado (16).

Notícias Relacionadas