‘Discutir chapa agora não ajuda o País’, diz Campos sobre 2014

O governador de Pernambuco e presidente nacional do PSB, Eduardo Campos, negou nesta quarta-feira, 14, que terá uma conversa com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre sua pretensão de disputar a Presidência já em 2014.

“Eu vou esperar o jornal de amanhã para ver o que Lula vai me dizer”, ironizou Campos, depois de participar da abertura da Campanha da Fraternidade da CNBB, na sede da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase), no Recife.

Bem-humorado, o governador deu risadas quando questionado sobre o assunto. As movimentações de Eduardo Campos nos bastidores suscitam dúvidas sobre suas reais intenções em 2014: romper com o PT e candidatar-se ou permanecer na base aliada e aguardar 2018 para um voo solo.(Angela Lacerda, Estadão)

Notícias Relacionadas