Após renúncia, Bento XVI diz que ficará escondido do mundo

Renata Giraldi*
Da Agência Brasil

Brasília – Em reunião com párocos em Roma hoje (14), o papa Bento XVI, de 85 anos, disse que vai “se retirar completamente da vida pública” após sua renúncia, no dia 28, permanecendo “escondido do mundo”. O papa defendeu ainda a “renovação da Igreja”. “Mesmo que eu esteja me retirando em oração, sempre estarei perto de todos vocês, mesmo que permaneça escondido do mundo”, disse ele.

Em seguida, o papa acrescentou: “Precisamos trabalhar pela realização do concílio real e por uma verdadeira renovação da Igreja”. No dia 27, o papa vai se despedir dos fiéis católicos na Praça de São Pedro em audiência geral.

Ao deixar o pontificado, Bento XVI deverá ser tratado como cardeal emérito e vestir-se como tal. A partir das 20h (horário que normalmente o papa termina as atividades) do dia 28, ele será transportado por um helicóptero até um mosteiro de freiras de clausura, e ficará em uma ala separada, no Vaticano. O nome que Joseph Ratzinger será chamado após a renúncia ainda é um mistério – se irá manter Bento XVI.

*Com informações da BBC Brasil

Notícias Relacionadas