Balança comercial inicia fevereiro com déficit de US$ 741 milhões

Stênio Ribeiro
Agência Brasil

Brasília – As exportações brasileiras somaram US$ 4,99 bilhões nos seis primeiros dias úteis de fevereiro (média diária de US$ 833 milhões, ou 12,2% a menos que a média obtida em igual mês do ano passado) e as importações atingiram US$ 5,73 bilhões (média diária de US$ 956 milhões, ou 11,3% a mais), de acordo com informe do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior divulgado hoje (13).

Com isso, a balança comercial inicia o mês com déficit de US$ 741 milhões, dando continuidade ao fraco desempenho de janeiro, quando o déficit foi US$ 4,03 bilhões, o pior resultado mensal de toda a história do comércio exterior brasileiro. No acumulado de 2013, até a última sexta-feira (8), o déficit soma US$ 4,77 bilhões.

A Secretaria de Comércio Exterior (Secex) registrou queda nos embarques das três categorias de produtos no início de fevereiro, comparado a igual período de 2012. Houve reduções de 15,2% nas vendas de manufaturados como óleos combustíveis, aviões, suco de laranja, máquinas, motores, geradores e automóveis; de 12,5% nos semimanufaturados como ferro fundido, alumínio em bruto, ferroligas, óleo de soja e outros; e de 7,2% nas vendas de produtos básicos, principalmente agrícolas e minerais.

Enquanto isso, o Brasil gastou mais com as importações de combustíveis e lubrificantes (65,2%), cereais e produtos de moagem (60,1%), adubos e fertilizantes (54,5%), aeronaves e partes (24,3%), químicos orgânicos e inorgânicos (20,4%) e instrumentos de ótica e de precisão (10,2%).

Notícias Relacionadas