Turista caiu de cruzeiro em Santos e está desaparecido no mar

O Corpo de Bombeiros e a Marinha estenderam nesta segunda-feira (11) a área de buscas pelo arquiteto Luciano de Lucca, 30, desaparecido desde a noite de sábado (9) após cair do navio MSC Fantasia. As equipes agora tentam encontrar o turista também em alto-mar.

O incidente ocorreu no canal do Porto, em área fluvial e afastada da praia, momentos antes de o navio iniciar sua viagem. No entanto, mais de 30 horas após o incidente, o Corpo de Bombeiros mobilizou suas equipes nas cidades de Guarujá e São Vicente para reforçarem as buscas.

De Lucca estava em uma cabine do 11º andar do navio, acompanhado de outras três pessoas, quando caiu de uma altura de aproximadamente 40 metros, por volta de 18h30.

A Marinha e a Polícia Federal foram acionadas e realizaram perícia no local, e a embarcação só foi liberada por volta de 0h20 de domingo (10).

A Capitania dos Portos instaurou um inquérito administrativo para averiguar as causas do acidente. Em até 90 dias, o procedimento deve determinar a empresa ou algum integrante da tripulação teve responsabilidade no caso.

O MSC Fantasia, maior navio de cruzeiro que circula por águas brasileiras, tem retorno ao porto de Santos programado para o próximo sábado, após passar por Búzios (RJ), Salvador (BA) e Ilha Grande (RJ).

Por meio de nota, a MSC Cruzeiros informou que vem prestando todo o apoio possível à família de Lucca e que “continua colaborando com as autoridades competentes para as investigações desse acidente”. (O Globo)

Notícias Relacionadas