Polícia registra novos ataques em quatro cidades de Santa Catarina

Florianópolis
Agência Brasil

Florianópolis – A Polícia Militar de Santa Catarina registrou novos ataques em quatro cidades desde a noite de ontem (10). De acordo com boletim divulgado na manhã de hoje (11), houve atos de violência em Criciúma, São Miguel do Oeste, Palhoça e em Florianópolis.

Na capital catarinense, um veículo estacionado no pátio de descarga do centro administrativo do governo foi totalmente queimado na madrugada. Em outra ocorrência, dois adolescentes, armados com facão, atearam fogo em um ônibus, após renderem o motorista e o cobrador do coletivo, obrigando-os a descer do veículo. Em nenhum dos casos a polícia conseguiu deter os responsáveis pelos ataques.

Na cidade de Criciúma, homens lançaram pedra e atiraram contra uma viatura da Polícia Militar que escoltava um ônibus. Ninguém ficou ferido. Em São Miguel do Oeste, um ônibus que estava estacionado no pátio de uma empresa foi incendiado. O fogo também destruiu parte de uma carreta parada ao lado do coletivo.

A série de ataques violentos no estado ocorre desde o dia 30 de janeiro. Até agora, mais de 30 pessoas foram presas suspeitas de envolvimento em 91 ataques registrados em 28 cidades. Segundo a Polícia Civil de Santa Catarina, criminosos encarcerados estão ordenando os atos de violência.

Para contê-los, o governo de Santa Catarina decidiu transferir pelo menos 20 presos de alta periculosidade para penitenciárias federais. Por questões de segurança, as datas de transferência e os nomes dos detentos não serão divulgados.

O policiamento continua reforçado em todo o estado, com escolta dos ônibus em algumas cidades e patrulhamento intensivo pelas ruas.

Notícias Relacionadas