Palmeiras empata fora de casa com Mogi Mirim e assume o quarto lugar

São Paulo – Para embalar no Paulistão Chevrolet 2013, o Palmeiras visitou o Mogi Mirim na noite deste domingo (10), saiu na frente, tomou a virada, mas conseguiu reagir e o jogo terminou empatado por 2 a 2.

Maikon Leite tentou a primeira finalização para o Palmeiras, mas na hora do chute, Daniel travou a jogada. O Palmeiras buscava o ataque e o Mogi Mirim buscava espaço para ir no contra-ataque.

O Palmeiras abriu o placar aos 11 minutos, com Márcio Araújo, que mandou o chute de longe e a bola foi parar no ângulo do gol de Daniel.

Wagner foi para o chute e a bola bateu em Fernando Prass e foi pela linha de fundo. O Mogi pressionava e o Palmeiras tentava segurar o ataque adversário para ficar com a posse de bola. Aos 21, Maikon Leite tentou o cruzamento na área e Daniel chegou antes do atacante para ficar com a bola.

O Mogi Mirim empatou aos 31 minutos, com Roni. Ele arriscou o chute da entrada da área, Fernando Prass foi para a defesa, mas ela bateu em suas mãos e entrou no gol.

O Palmeiras voltou ao ataque e tentava pressionar, mas sem conseguir ter oportunidade de finalizar contra o gol adversário nos minutos finais do primeiro tempo.

O Palmeiras chegou a marcar aquele que seria o segundo gol no começo do segundo tempo, mas a arbitragem apontou impedimento no lance. Os dois times iniciaram a partida no ataque e buscando criar pressão para marcar o gol.

Vinícius foi para o chute cruzado e Daniel ficou com a bola. Aos 20, Tiago Alves cobrou falta e a bola foi por cima do gol de Fernando Prass.

Em contra-ataque, o Mogi Mirim fez o gol da virada, com Roni. Henrique partiu com a bola, invadiu a área e chutou para a defesa de Fernando Prass. Depois, a bola sobrou para Roni bater e mandar para o gol.

O Palmeiras foi atrás do gol e o conseguiu com Souza aos 32 minutos. Ele tabelou com Wendel e conseguiu tirar o zagueiro da jogada para colocar a bola no gol de Daniel.

Patrick Vieira ajeitou bola cruzada da esquerda para Wesley chegar, mas mandar para fora. Depois, Waguininho teve a chance de marcar para o Mogi e a bola passou em frente ao gol. Aos 36, Ronny arriscou o chute e Daniel fez a defesa. Nos minutos finais, o Palmeiras seguiu atacando, mas foi o Mogi a ter a chance de marcar, em cobrança de falta que Fernando Prass conseguiu defender.

O Palmeiras faz o clássico com o Corinthians na próxima rodada. O Mogi Mirim joga contra o União Barbarense.

Mogi Mirim 2 x 2 Palmeiras

Local: Romildo Vitor G. Ferreira, Mogi Mirim

Árbitro: Rodrigo Braghetto
Auxiliares: Rogerio Pablos Zanardo e Leandro Matos Feitosa
Quarto Árbitro: Luciano Alves de Lima
Assistentes adicionais: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral e Thiago Luis Scarascati

Mogi Mirim: Daniel; Roniery, Tiago Alves, Lucas Fonseca (Wesley) e João Paulo; Magal, Val (Waguininho), Carlos Alberto (Roger) e Wagner; Roni e Henrique.
Técnico: Dado Cavalcanti.

Palmeiras: Fernando Prass; Wendel, Maurício Ramos, Henrique e Juninho; Márcio Araújo, João Denoni (Ronny), Wesley e Patrick Vieira; Maikon Leite (Vinícius) e Caio (Souza)
Técnico: Gilson Kleina.

Gol: Márcio Araújo (PAL) aos 11, Roni (MOG) aos 31 do primeiro tempo e aos 24, Souza (PAL) aos 32 do segundo tempo

CA: João Denoni e Wesley (PAL); Magal, Lucas Fonseca e João Paulo (MOG)

Notícias Relacionadas