Carnaval no Congresso terá 22 dias de folga

Isso é que é Carnaval. Com os plenários da Câmara e do Senado vazios já na tarde de ontem, às 16h00, quando apenas cinco deputados, entre 513, e oito senadores, de 81, estavam presentes, a grande folga imediatamente após o recesso de fim de ano já começou. A volta ao trabalho só vai acontecer, efetivamente, no próximo dia 28.

Os líderes dos partidos firmaram um acordo para que apenas naquela data ocorram votações importantes: a Câmara vai apreciar os termos do Fundo de Previdência dos Servidores Públicos; o Senado, cinco medidas provisórias. Até lá, a previsão é de plenários as moscas, com os políticos divertindo-se em seus Estados. Em tempo: o recesso parlamentar durou de 23 de dezembro a 1º de fevereiro. Em julho, haverá nova parada da descanso.

Para o senador Alvaro Dias (PSDB-PR), que esteve no Senado, o fato de o feriado de carnaval ser prolongado faz com que as viagens sejam programadas “com antecedência”.

“Nós que viemos não temos como cobrar a deliberação das medidas. É evidente que não compactuo com essas ausências e procuro estar presente no Senado enquanto houver sessões, mesmo que não sejam deliberativas”, afirmou Alvaro Dias. (Brasil 247)

Notícias Relacionadas