Tolerância zero aos espetinhos no Carnaval de Salvador

Salvador – A Secretaria Municipal de Ordem Pública, em parceria com a Secretaria Estadual de Segurança Pública, vai intensificar a fiscalização nos circuitos para impedir a utilização de espetinhos no Carnaval deste ano. “Quem tiver vendendo churrasquinho na rua com o espetinho terá todo o material apreendido. Isso vale, inclusive, para os ambulantes cadastrados para trabalhar. Essa medida é para dar mais segurança aos foliões e aos próprios trabalhadores”, explicou a secretária de Ordem Pública, Rosemma Maluf.

Ela se encontrou no final da manhã de hoje (06) com o secretário estadual de Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa, na sede da pasta, no Centro Administrativo da Bahia. Do encontro, ficou definido uma atuação em conjunto. “Vamos trabalhar integrado, assim como já vem sendo feito no Porto da Barra. A fiscalização e ordenamento dos serviços facilitarão o trabalho da polícia no Carnaval”, disse Maurício Barbosa.

Rosemma Maluf ressaltou a importância da parceria e lembrou que, mesmo com atribuições distintas, o trabalho somado trará melhores resultados. “Essa parceria vai se estender para depois da folia momesca, quando vamos intensificar as ações contra a poluição sonora, que ficará a cargo da Secretaria de Ordem Pública. E também vamos continuar trabalhando na questão da organização dos ambulantes”, afirmou a secretária.

Outro ponto que será alvo prioritário da fiscalização conjunta das duas secretarias é a presença de ambulantes nas ruas transversais aos circuitos. O objetivo é aumentar a segurança. Cerca de 3,5 mil ambulantes estão credenciados para trabalhar na folia momesca deste ano.

Também participaram do encontro da sede da Secretaria Estadual de Segurança Pública, no CAB, o comandante-geral da PM, coronel Alfredo Castro, o delegado-geral, Hélio Jorge Paixão, entre outras autoridades.

Notícias Relacionadas