Eike Batista cai mais uma posição e passa a ter a 4ª fortuna do Brasil

O presidente-executivo da holding EBX Eike Batista foi ultrapassado por Joseph Safra, controlador do Banco Safra, e não é o terceiro mais rico do país. De acordo com os dados da Bloomberg atualizados nesta terça-feira, o megaempresário caiu para a 89ª posição no ranking de bilionários, depois de já ter alcançado a 8ª posição. Safra aparece na lista com patrimônio estimado em US$ 11,8 bilhões, já Eike contabiliza US$ 11,7 bilhões em ativos.

Jorge Paulo Lemann, controlador da Anheuser-Busch InBev, é o brasileiro mais bem posicionado na lista, na 38ª posição, com uma fortuna estimada em US$ 19,1 bilhões. Dirce Camargo Correa, controladora da empreiteira Camargo Correa, tem uma fortuna de US$ 14,3 bilhões e ocupa a 62º lugar.

Este ano, Eike Batista acumulou perdas de US$ 542,4 milhões até a segunda-feira, atingindo os US$ 11,9 bilhões. O megaempresário tem sofrido com a forte desvalorização da ação das empresas do grupo X na BM&FBovespa, que desde 2012 estão apresentando grande perda de valor de mercado por conta da falta de confiança dos investidores nas metas traçadas por Batista.

Nesta terça-feira, as ações da OGX Petróleo, principal empresa do grupo, seguem em queda de 1,24%, cotadas a R$ 3,97 às 11h20 (horário de Brasília). Na véspera, a empresa do Grupo X recuou forte: 2,65%, aos R$ 4,04, após a divulgação dos dados de produção abaixo do esperado pelo mercado. (Correio Braziliense)

Notícias Relacionadas