Parlamentares esperam ter maior poder de barganha

Entre parlamentares da base governista e mesmo em parte da oposição, o clima é de comemoração com a nova configuração do Congresso. Ter as duas Casas comandadas por parlamentares importantes do PMDB e líderes com perfis mais beligerantes dará maior poder ao Legislativo diante do Executivo.

Apesar de muitos não admitirem oficialmente, essa é a aposta de senadores e deputados que, mesmo pertencendo ao PT ou a legendas de apoio ao governo, estão mais preocupados em recuperar poder de barganha do que em viabilizar a gestão da presidente Dilma Rousseff.

Reservadamente, um deputado da cúpula petista afirma que, com parlamentares como Eduardo Cunha (RJ), o novo líder do PMDB, e Anthony Garotinho (RJ), novo líder do PR, será mais fácil obrigar Dilma a fazer política. Leia-se: satisfazer os interesses dos parlamentares. (Júnia Gama e Fernanda Krakovics, O Globo)

Notícias Relacionadas