Circuito Sérgio Bezerra antecipa início da folia em Salvador

Salvador – O novo circuito do Carnaval 2013, chamado Sérgio Bezerra, contará com os serviços essenciais da Prefeitura de Salvador para garantir conforto aos foliões. A estrutura será montada para que um dia antes da festa, na quarta-feira (6), tudo esteja pronto para atender a turistas e soteropolitanos que vão curtir os blocos que percorrerão o trecho entre o Farol da Barra e o Morro do Cristo.

Criado em homenagem ao fundador do bloco Habeas Copos, o circuito é exclusivo para blocos de sopro e percussão, o que retoma o clima dos antigos carnavais. A expectativa é que nesse ano cerca de 35 mil pessoas participem da festa que antecede o Carnaval, acompanhando o desfile das 20 entidades que integram a Associação Carnavalesca de Entidades de Sopro e Percussão (Acesp). Os blocos começam a sair a partir das 19h.

Os blocos vão fazer a alegria dos foliões até cerca de 2h, quando a última entidade deve chegar à Rua Airosa Galvão, local de dispersão. O trânsito no bairro será alterado a partir das 14h, com a proibição da circulação de veículos pela Avenida Oceânica. Com a oficialização do circuito, toda a estrutura de apoio e organização da Empresa Salvador Turismo (Saltur) passa a funcionar para o desfile, com banheiros químicos, postos de observação, iluminação, segurança e postos de saúde.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento, Turismo e Cultura, Guilherme Bellintani, a organização deste circuito vai permitir que tanto o folião, como o morador da região tenham mais tranquilidade e segurança. “Nos reunimos com os diversos órgãos municipais e com a polícia para garantirmos serviços essenciais como limpeza, ordenamento do trânsito e segurança, para mais um dia de festa na cidade”, enfatiza. Entre as regras para o novo circuito está também a organização do desfile das bandas, pela Avenida Oceânica, e a limitação do número de bandas autorizadas para apresentação, que deverão ser da Acesp.

“A oficialização foi maravilhosa tanto para os blocos quanto para o folião, pois antes fazíamos essa festa sem qualquer apoio. Agora toda a estrutura que estará a serviço dos desfiles dos grandes blocos também vai estar disponível na quarta-feira”, pontua o diretor da entidade que congrega os blocos de sopro, Jairo João Ferreira. “Aqui a gente quer se divertir com tranquilidade, sem cordas, sem carros, só com alegria”, completa.

Notícias Relacionadas