Tiririca confessa que não quer mais saber de política

CLÁUDIO HUMBERTO

O deputado Tiririca (PR-SP) afirmou nesta segunda-feira (4) à Coluna que vai, de fato, deixar a política. Segundo ele, essa é uma carreira em que se “trabalha demais e produz pouco”. Tiririca assiste hoje à eleição para a Presidência da Câmara, mas preferiu não revelar seu voto. Leia a entrevista concedida com exclusividade:

É verdade que o senhor vai sair da vida política? Se sim, por quê?
Sim. Eu tenho seis filhos, esse é o motivo maior. Eu nunca vivi com os outros cinco o que estou vivendo hoje com a mais nova, que tem três anos. Além disso, não dá para fazer muita coisa pelo povo e atrapalha minha carreira de artista.

Um político não consegue fazer muito pelo povo?
Quando eu fiz minha campanha eleitoral usei o slogan ‘Você sabe o que faz um deputado? Nem eu. Vote em mim que eu te conto’. Agora posso contar: no Congresso, o que vale são interesses políticos – a cobrança é enorme e não dá para fazer muita coisa. Na verdade, o deputado trabalha muito e produz pouco porque a mecânica é muito louca.

Mas alguma coisa o senhor fez…
Sim, eu apresento emendas, projetos (…) sou um dos deputados que menos faltam às sessões. Estou honrando meus votos, estou fazendo o que dá para fazer. Mas, agora, vou dar o lugar para outra pessoa por esses três motivos: família, carreira e por não poder fazer muito pelo povo aqui no Congresso. (Coluna de Cláudio Humberto)

Notícias Relacionadas

2 Comentários

  1. Dinardo Egaer de Oliveira

    É que na Camara tem que escrever muito e falar sério… então…fui…

  2. Luiz Carlos Marim

    As grandes empresas é que manda no país. São eles o dono do dinheiro… Políticos não conseguem fazer nada mesmo, a não ser pra seu próprio beneficio. Deveria ter menos políticos e mais cargos técnicos…

Comentários estão suspensos