Umbanda e candomblé também querem passaportes diplomáticos

CLÁUDIO HUMBERTO

Servidores de representações brasileiras no exterior e membros de federações espíritas e de umbanda e candomblé, reconhecidas como religiões oficiais, também querem direito a passaporte diplomático, como líderes evangélicos até com passagens na polícia.

Leia também:

A concessão dos passaportes foi um dos derradeiros atos do secretário-geral do Ministério das Relações Exteriores, Rui Nogueira, que se aposenta. (Coluna de Cláudio Humberto)

Notícias Relacionadas