Mano Menezes saiu da seleção com R$ 4,3 milhões no bolso

Mano Menezes perdeu o emprego de técnico da seleção brasileira, mas sua conta bancária não tem do que reclamar. Segundo o jornal ‘Folha de S. Paulo’, que teve acesso ao termo de rescisão do treinador com a CBF, Mano deixou o emprego em dezembro passado com uma indenização de R$ 4,3 milhões.

Desse montante, R$ 2,8 milhões se referem a salários, férias, 13º e outros encargos trabalhistas e benefíciois pagos pela CBF. O treinador ainda recebeu R$ 1,5 milhão referente ao FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço).

O jornal ainda revelou o salário de Mano, que era de R$ 517 mil mensais. Luiz Felipe Scolari, seu substituto, tem rendimentos maiores, mas não divulgados. (MSN Esportes)

Notícias Relacionadas