Morre no Japão aos 115 anos mulher mais idosa do mundo

A mulher mais velha do mundo, a japonesa Koto Okubo, morreu neste sábado (12) aos 115 anos em um asilo de Kawasaki, no Japão, informaram as autoridades locais.

Nascida em 24 de dezembro de 1897, Okubo se tornou a mulher mais velha do planeta em dezembro de 2012, após o falecimento de Dina Manfredini, nos Estados Unidos, aos 115 anos. As autoridades municipais de Kawasaki não precisaram a causa da morte.

Segundo a prefeitura de Kawasaki, Koto Okubo estava acompanhada do filho, que mora no mesmo asilo da cidade.

Após a morte de Koto, a mulher mais velha do mundo agora é Misawo Okawa, com 114 anos. Também do Japão, ela nasceu em 5 de março de 1898.

O homem mais velho do planeta é o japonês Jiroemon Kimura, de 115 anos, que vive na região de Kyoto, no centro do Japão. (G1)

Notícias Relacionadas