Projeto que põe fim a salários extras de deputados não deve ser votado em 2012

Um projeto que acaba com o décimo quarto e décimo quinto salário de parlamentares está parado na Câmara dos Deputados. O texto tem que ser aprovado em duas semanas para entrar em vigor ainda este ano.

Além de carro, motorista, passagem de avião, correio e o salário mensal de mais de R$ 26 mil, os parlamentares recebem 14º e 15º salários.

Em abril, foi aprovado no Senado um projeto que corta esses benefícios. No entanto, o texto aguarda a votação da Câmara – o que não tem data. O problema é que, para funcionar ainda este ano, o projeto teria que ser aprovado em nas próximas duas semanas. Pelo menos seis senadores comunicaram à mesa diretora que abrem a mão do dinheiro extra.(Band)

Notícias Relacionadas