De virada, São Caetano goleia Boa Esporte-MG por 4 a 2

São Paulo – Em busca do acesso para a Série A do Campeonato Brasileiro, o São Caetano recebeu o Boa Esporte na noite desta sexta-feira (9) pelo Campeonato Brasileiro da Série B. O time do Grande ABC saiu atrás no placar, mas conseguiu reagir e venceu de virada pelo placar de 4 a 2.

O resultado leva o São Caetano a reassumir provisoriamente o quarto lugar, com 67 pontos, e agora torce contra o Atlético-PR para permanecer no G4. Já o Boa, com 43, ainda não escapou definitivamente do risco de rebaixamento.

Logo depois do apito inicial, o São Caetano foi para o ataque em jogada de velocidade e Allan bateu para fora, com desvio da defesa. Os minutos iniciais de jogo viram o time da casa ter mais presença ofensiva.

Pedro Carmona tentou o chute, mas acabou travado e a bola sobrou para Leandrão, que não conseguiu finalizar para o gol. Aos nove minutos, a primeira grande chance de gol do Boa com Francismar, que bateu falta e Luiz fez a defesa.

Francismar, após troca de passes, dominou a bola na entrada da área, fez a finta no zagueiro, mas na hora do chute, colocou por cima da meta do São Caetano. Aos 20, Éder cobrou falta e mandou a bola pela linha de fundo, na tentativa dos donos da casa.

O Boa abriu o placar aos 21 minutos. Radamés pegou sobra de tentativa de cruzamento na área, dominou e mandou o chute de longe. Luiz tentou defender, mas não conseguiu.

Allan aproveitou cobrança de escanteio para tentar o toque de cabeça, mas colocou a bola pela linha de fundo. Por força de contusão, Leandrão teve de deixar o campo antes dos 30 minutos de partida e foi substituído por Vandinho no São Caetano.

O Boa Esporte aumentou aos 28, com Siloé. Em cruzamento da esquerda, o atacante do time mineiro encontrou a defesa do time da casa aberta e tocou de primeira na bola para marcar o segundo gol da partida.

O São Caetano foi para a reação e diminuiu aos 30. Pedro Carmona fez a jogada, Vandinho recebeu na área, venceu a marcação e bateu cruzado sem dar chance ao goleiro Wilson Júnior.

Pedro Carmona foi para a cobrança de falta e Radamés subiu para fazer o corte na área. Aos 34, Vagner ficou em condição de marcar, mas Luiz conseguiu chegar para evitar que o atacante do Boa Esporte finalizasse.

Danielzinho, aos 38, empatou a partida. Ele recebeu na direita de Vandinho, venceu Gabriel na corrida e bateu cruzado. Wilson Júnior tentou impedir a finalização, mas viu a bola entrar em suas redes.

Pedro Carmona cobrou falta e mandou por cima do gol. Os minutos finais do primeiro tempo foram com o São Caetano tentando pressionar o Boa Esporte pela virada e conseguindo se posicionar mais no campo de ataque.

Em contra-ataque no começo do segundo tempo, Vandinho foi lançado e tentou invadir a área, mas acabou desarmado na hora da finalização. O ritmo da etapa final era de equilíbrio, com as duas equipes buscando a posse de bola para criar as chances de gol.

Samuel Xavier foi para o chute rasteiro e a bola passou em frente ao gol de Wilson Júnior. Danielzinho, aos dez minutos, teve a grande chance de virar o placar ao dominar no meio, tirar Wilson Júnior da jogada, mas na hora do toque final, o goleiro do Boa Esporte chegou e conseguiu salvar.

No minuto seguinte, a arbitragem marcou o pênalti em Vandinho quando ele tentava invadir a área. Pedro Carmona foi para a cobrança e marcou o gol da virada para o São Caetano.

Robert tentou o levantamento para a área e Luiz fez a defesa, Depois, foi a vez de Radamés bater de fora da área e o goleiro do São Caetano conseguir evitar o empate. O time do Grande ABC seguiu buscando o ataque e marcou o quarto gol com Danielzinho, que recebeu bola da linha de fundo e bateu rasteiro de primeira para o fundo das redes.

Radamés arriscou o chute, mas mandou a bola pela linha de fundo. Aos 33, o Boa teve nova chance e Adriano apareceu para salvar a equipe da casa dentro da pequena área. O Boa tentava chegar ao ataque, mas pecava na hora de finalizar contra a meta de Luiz.

Aos 42, Francismar chutou de longe, mas sem obter sucesso. Depois, Radar cruzou na área para Petros cabecear, mas sem conseguir sucesso na finalização. Nos acréscimos, o São Caetano ficou com um a menos com a expulsão de Bustamante.

Na penúltima rodada da competição, o São Caetano recebe o Goiás. O Boa Esporte também joga em casa, diante do ABC.

Ficha técnica

São Caetano 4 x 2 Boa Esporte

Local: Anacleto Campanella, São Caetano do Sul (SP);

Árbitro: Francisco de Assis Almeida Filho (CE);
Assistentes: Flavio Gomes Barroca (RN) e Marcos A. da Silva Brigido (CE);

São Caetano: Luiz; Samuel Xavier (Adriano), Wagner, Gabriel e Diego Correa; Moradei, Éder, Allan (Bustamante) e Pedro Carmona; Danielzinho e Leandrão (Vandinho).
Técnico: Ailton Silva.

Boa Esporte: Wilson Júnior; Robert (Petros), Gabriel, Neylor e Radar; Olívio, Everton e Radamés; Siloé, Francismar e Vagner (Fernando)
Técnico: Sidney Moraes.

Gol: Radamés (BOA) aos 21, Siloé (BOA) aos 28, Vandinho (SCA) aos 30, Danielzinho (SCA) aos 38 do primeiro tempo, Pedro Carmona (SCA) aos 13 (pen), Danielzinho (SCA) aos 27 do segundo tempo

CA: Allan, Adriano e Wagner (SCA); Neylor, Radamés e Francismar (BOA)

CV: Bustamante (SCA)

Notícias Relacionadas