Capa » Brasil » Cotidiano » Mulheres ficam nuas na praça em protesto pelo estupro de uma índia

Mulheres ficam nuas na praça em protesto pelo estupro de uma índia

As manifestantes pediram o fim fim da violência contra a tribo Guarani-Kaiowá (Foto: TV Alterosa/Reprodução)

Um grupo de mulheres fez topless, nesta sexta-feira (2), na Praça da Estação, em Belo Horizonte, em protesto pela violência contra a tribo Guarani-Kaiowá e em repúdio ao estupro de uma índia.

Segundo a TV Alterosa, as jovens chegaram vestidas, mas em poucos segundos já estavam com os seios à mostra e com cartazes com frase de protesto em mãos. Uma das motivações do protesto foi o estupro da índia que ganhou o nome de Marlene, da tribo Guarani-Kaiowá. Ela foi violentada por oito homens durante uma luta por ocupação de terra no Mato Grosso do Sul.

Uma das ativistas falou sobre o objetivo da manifestação. “É mostrar para a população brasileira o que tem acontecido no Mato Grosso do Sul. O massacre de todos os nossos índios, principalmente os Guarani-Kaiowá”, disse Sara Winter, do Grupo Femen.

2 Respostas para Mulheres ficam nuas na praça em protesto pelo estupro de uma índia

  1. virgense 12/11/2012 em 13:21
    PROTESTO DAS PELADONAS
    Ultimamente, tem se tornado comum, mulheres fazendo “protestos” com o uso da nudez. Em outros países onde a promiscuidade feminina não é tão assustadora como no Brasil, este tipo de protesto pode até ser visto de uma forma diferente, mas aqui, se tornou cômico e banal . Se uma formiga é pisoteada, lá vem as peladonas. Se a borboleta cai da árvore, lá vem mais peladonas…
    Não pensem que são meninas lindas e joviais. Geralmente são mulheres velhas, feias, cheias de estrias (tem até gordas) e com bundas e peitos murchos e caídos. Dá até nojo.

    Mas o que elas querem de verdade? Ora, acredito que como não tem talentos para coisas mais criativas e provavelmente homem nenhum (em juízo perfeito) as queiram, elas usam a exibição de corpos feios, velhos, gordos e murchos, para chamar a atenção. Querem na verdade, apenas aparecerem. Além de vulgares, são exibicionistas. Pelo menos, deviam ter um corpinho melhor pra se mostrar.

    Está na hora de nossas autoridades tomarem providências, pois isto é um atentado ao pudor. Isto é crime. Mulheres honestas, homens decentes e crianças inocentes, não são obrigados a verem tamanha vulgaridade.

    Responder
  2. Bruno 18/01/2013 em 09:02
    E o que você queria, artistas globais protestando? Fala do corpo das mulheres que protestam, como bom machista que é, e não analisa o fato em si: o estupro da índia guarani no Mato Grosso, que ocorreu com requintes de perversidade e repugnante covardia. Esse é o tema do debate, e não a beleza das mulheres que foram protestar. Aliás, qualquer mulher tem o direito de protestar contra o crime de estupro, que é omais repugante e primitivo que pode existir na face da terra. Atentado ao pudor é ler o absurdo que você escreveu. A inteligência de todos sofre um estupro ao deparar com palavras desse nível. A promiscuidade está em sua cabeça. Elas podem ter estrias no corpo gordo e murcho. E você certamente as tem no cérebro varicozado, carente de neurônios e totalmente murcho pelos seus ideiais chauvinistas. Você teve mãe?
    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


− seis = 2

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>