Academia Jovem Concertante realiza turnê em Salvador

Formado por 21 estudantes de música de todo o país, projeto terá concerto gratuito no Teatro Jorge Amado (Foto  Alexandre Moreira)
Formado por 21 estudantes de música de todo o país, projeto terá concerto gratuito no Teatro Jorge Amado (Foto Alexandre Moreira)

Nesta quinta-feira, véspera de feriado, vinte e um jovens entre 16 e 26 anos, oriundos de escolas de músicas e projetos de inclusão social, vão se apresentar em concerto gratuito no Teatro Jorge Amado, no bairro da Pituba, em Salvador. Os músicos foram selecionados para realizar a primeira turnê da Academia Jovem Concertanteprojeto idealizado pela pianista Simone Leitão com o objetivo de dar oportunidade a jovens músicos de se desenvolver na carreira musical por meio da experiência em um conjunto orquestral.

Além disso, o grupo, formado inclusive por jovens baianos que fazem parte do projeto social NEOJIBÁ (Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia), também vai tocar em um concerto didático, no dia 2 de novembro, para os idosos do Abrigo São Gabriel, em Boa Viagem, bairro de Salvador.

Com direção artística da própria Simone e direção musical do violinista Daniel Guedes, a Academia Jovem Concertante fez a primeira apresentação no dia 31 de outubro, no Rio de Janeiro. Após a apresentação em Salvador, os músicos seguem em turnê por mais cinco cidades brasileiras: Natal (RN), Porto Velho (RO), Paranaíta (MT), Recife (PE) e Rio Grande (RS).

Em cada cidade visitada, haverá também concertos de câmara didáticos em espaços alternativos, como escolas públicas, hospitais e presídios. O valor arrecadado com a venda dos ingressos nos concertos pagos será revertido para a compra de acessórios para os instrumentos dos próprios integrantes do grupo. Os jovens também receberão uma bolsa incentivo, além de ter passagem aérea, hospedagem e ensaios custeados pelo projeto. O patrocínio é da Alstom, Neoenergia e Odebrecht Energia.

Para Simone Leitão, a história do projeto vai além de criar um novo público para a música clássica. “Queremos fazer com que a profissão de músico seja repensada no novo momento que o país vive. Queremos que os músicos busquem criatividade, que sejam protagonistas, façam sua história e participem do momento de amplificação do público”, afirma.

Segundo Simone, o projeto se chama Academia porque há uma preparação artística e psicológica, focada na performance dos jovens. A organização entrou em contato com diretores de vários projetos de excelência, que usam a música como ferramenta de cidadania, para que indicassem jovens talentos. O grupo reúne músicos de oito estados, oriundos de cidades grandes e do interior. “Buscamos mostrar bem a cara do Brasil, mas o fator determinante sempre foi a excelência dos músicos e a seriedade com que encaram a profissão”, destaca Simone.

O repertório dos concertos será formado pelo Prelúdio das Bachianas Brasileiras nº 4, de Villa-Lobos; o Concerto nº 1 em ré menor para piano e cordas, de Bach, em que Simone Leitão será a solista; a Sinfonia nº 29 em lá Maior, de Mozart; o Concertino para violino e orquestra de câmara, de Guerra-Peixe, que terá Daniel Guedes como solista; e por Eu sei que vou te amar, de Tom Jobim e Vinicius de Moraes, que ganhou arranjo especial de Wagner Tiso e terá participação de Simone Leitão. Além de se apresentar como solista, o violinista Daniel Guedes também vai reger o grupo.

“A Academia Jovem Concertante é um projeto desafiador, que dará oportunidade a  pessoas que representam o futuro da música em nosso país de se apresentarem em uma orquestra jovem e versátil, levando a música de nossos principais compositores e de grandes nomes da música clássica para diversas partes do Brasil”, afirma Daniel Guedes. “Eles passarão pela experiência de vivenciar o mundo profissional da música e, ao mesmo tempo, levar sua arte ao público, seja ele o dos teatros e salas de concerto ou o das comunidades que receberão os concertos didáticos”, completa o violinista.

REPERTÓRIO

Concertos Principais

J.S.Bach – Concerto nº1 em ré menor para piano e cordas BWV1052 (solista: Simone Leitão)

César Guerra-Peixe – Concertino para violino e orquestra de câmara (solista: Daniel Guedes)

H.Villa-Lobos – Prelúdio da Bachianas Brasileiras nº4

W.A.Mozart – Sinfonia nº 29 em lá maior

Tom Jobim / Vinicius de Moraes – Eu sei que vou te amar (arranjos: Wagner Tiso)

Concertos Didáticos

W.A.Mozart – Eine Kleine Nachtmusik

W.A.Mozart – Quarteto para flauta e cordas em ré maior

R. R. Bennett – Conversations for 2 oboes

H. Villa-Lobos – Quarteto nº 1 para cordas

Notícias Relacionadas