Homem é preso em Duque de Caxias por suspeita de compra de voto

Vladimir Platonow
Agência Brasil

Rio de Janeiro – A Justiça Eleitoral prendeu, no início desta tarde, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, um homem com a quantia de R$ 10 mil, por suspeita de compra de votos. A prisão foi feita por fiscais da 78ª Zona Eleitoral e o suspeito foi levado para prestar depoimento na 59ª Delegacia de Polícia, no centro do município.

De acordo com o delegado Márcio Esteves, o dinheiro estava no carro de um policial militar afastado, que participava de um churrasco com correligionários de um dos candidatos Washington Reis, do PMDB. Dentro do carro, havia também material de campanha do candidato, acrescentou Esteves.

Segundo a juíza eleitoral Natasha Tostes de Oliveira, responsável pela coordenação da fiscalização em Duque de Caxias, que divulgou a informação, é grande o grande número de irregularidades constatadas no município. Natasha disse que ficou surpresa com o número de casos, principalmente boca de urna, distribuição irregular de material de campanha e apreensão de dinheiro.

“Está mais complicado do que prevíamos. Tivemos uma reunião com os candidatos, quando foi repassado o que poderia ser feito. Mas o pleito está muito acirrado na cidade”, ressaltou a juíza.

Mais cedo, o comitê eleitoral de Washington Reis chegou a ser fechado, por causa da apreensão de 15 mil kitsde lanches encontrados no local, que seriam repassados a cabos eleitorais responsáveis por boca de urna, informou a Justiça Eleitoral. Os lanches foram doados a uma instituição de caridade.

Ex-prefeito de Duque de Caxias, Washington Reis disputa novamente o cargo com o candidato do PSB, Alexandre Cardoso. Ambos votaram de manhã e disseram que vão aguardar o resultado para se pronunciar. Apesar das várias irregularidades no município, o clima é de aparente tranquilidade, com pouco material de campanha pelas ruas e locais de votação sem filas.

Com 855 mil habitantes, Duque de Caxias é um dos municípios com maior renda per capita do estado do Rio, estimada em R$ 37.328, por sediar a Refinaria Duque de Caxias, da Petrobras. Apesar disso, apresenta baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH): 0,753, ocupando a 52ª posição entre 92 municípios.

Notícias Relacionadas