Elevador do Senado que custou R$ 74 mil está parado há dois anos

CLÁUDIO HUMBERTO

O elevador do Senado, reservado a idosos e pessoas com deficiência, que custou R$ 74 mil para ser instalado, está parado há dois anos. A máquina foi instalada em 2007 pelo senador Renan Calheiros (PMDB-AL), na época presidente da Casa. A principal bandeira de Renan enquanto esteve no comando do Senado foi tornar a casa exemplo de acessibilidade.

Com o elevador parado, os cadeirantes que vão ao Senado não podem ter acesso às galerias do plenário – área destinada para os visitantes acompanharem votações.

Ao lado da máquina parada, há outro elevador que permite o acesso de cadeirantes às dependências do Senado. Mas o elevador não chega às galerias, o que obriga os visitantes que usam cadeiras de rodas a conhecer apenas o andar térreo do plenário. (Coluna de Cláudio Humberto)

Notícias Relacionadas