Fox 1.6l passa a ter freios ABS e airbags de série

 No caso do Fox com motor 1.6 haverá um acréscimo nos seus preços sugeridos de  R$ 1.000 (Fotos: Divulgação)
No caso do Fox com motor 1.6 haverá um acréscimo nos seus preços sugeridos de R$ 1.000 (Fotos: Divulgação)

A Volkswagen do Brasil está ampliando o número de modelos de sua linha de veículos equipados com airbags frontais e freios ABS como equipamento standard. Estes dois importantes sistemas de segurança passam a ser equipamentos de série para todos as versões do Fox com o motor 1.6l (Fox 1.6, Fox 1.6 I-Motion e Fox BlueMotion). As novidades começam a chegar às mais de 600 concessionárias da marca na segunda quinzena de outubro.

A ampliação da oferta dos freios ABS e dos airbags como equipamento de série está ajudando a reduzir o custo desses equipamentos. No caso do Fox com motor 1.6 haverá um acréscimo nos seus preços sugeridos de  R$ 1.000. O Fox 1.6 Prime, que já contava com esses dispositivos de segurança de série, não sofrerá alteração de preço.

Em janeiro deste ano, a Volkswagen passou a equipar os modelos Gol Power, Voyage Comfortline e SpaceFox Trend com freios ABS e duplo airbag como equipamentos de série. Os freios ABS e o duplo airbag de série já estavam presentes nos modelos importados pela Volkswagen da Europa e da América do Norte, como os utilitários esportivos Touareg e Tiguan, o Passat sedan e o Passat Variant, o Passat CC e todas as versões do Jetta. Entre os modelos nacionais ou fabricados na Argentina, já recebem os dois sistemas de segurança a pick-up Amarok, o Golf, o Polo, o Polo Sedan, o Space Cross, a Saveiro Cross, o CrossFox e o SpaceFox Sportline.

A legislação brasileira prevê que até 2014 todos os automóveis de passageiros vendidos no Brasil deverão contar com freios ABS e airbags frontais de série. A implantação nos modelos já existentes é gradual e, a partir de janeiro deste ano, deve incluir pelo menos 30% dos veículos de cada fabricante.

ABS: prevenção

O sistema de freios antibloqueio evita que uma ou mais rodas do carro sejam arrastadas durante a frenagem, mesmo em pisos molhados ou com índices de aderência diferentes entre um lado e outro do veículo. Desta forma, mesmo em frenagens fortes, o veículo mantém a trajetória e o motorista consegue fazer manobras de desvio capazes, muitas vezes, de evitar colisões graves.

Na chuva, o ABS reduz consideravelmente a distância necessária para parar o carro, comparado ao sistema de freios tradicional. A eficiência comprovada do sistema na redução do número de acidentes é atestada pela maioria das seguradoras: carros com ABS, em geral, têm desconto no valor do seguro.

Airbags: quando o acidente é inevitável

Os airbags podem salvar vidas ou reduzir a gravidade dos ferimentos do motorista e do passageiro da frente em caso de colisões. As bolsas de ar são infladas em frações de segundo por sensores capazes de avaliar a intensidade de uma batida, amortecendo o choque do corpo dos ocupantes contra o volante ou o painel do carro.

É importante lembrar que o airbag não substitui o cinto de segurança, que deve ser usado todo o tempo que o carro estiver em movimento. Numa colisão, além de evitar que os usuários do carro sejam arremessados para fora, o cinto mantém os passageiros em seus lugares, fazendo com que a ação dos airbags seja mais efetiva.

Assim como ocorre com o freio ABS, a segurança representada pelos airbags também é reconhecida pelas seguradoras, sendo motivo para concessão de descontos.

Notícias Relacionadas