Tempestade deixa ao menos dez mortos e centenas de desalojados na Espanha

Alex Rodrigues
Agência Brasil

Brasília – Ao menos dez pessoas morreram devido às fortes chuvas que atingiram as regiões Sul e Sudeste da Espanha entre ontem (28) e hoje (29). Centenas de família tiveram que deixar suas casas. Sevilha, Málaga, Granada, Múrcia e Alicante foram as províncias mais afetadas.

A intensidade das chuvas nestas cinco localidades diminuiu nas últimas horas, mas o risco agora é que novas tormentas atinjam o litoral norte espanhol. O último informe divulgado pela Agência Estatal de Meteorologia colocou em alerta Barcelona e Tarragona, onde há previsão de chuvas fortes para hoje e amanhã (30). Em Huesca, Lleida, Girona e nas Ilhas Baleares (arquipélago mediterrâneo cujas ilhas mais conhecidas são Ibiza, Maiorca e Menorca) pode chover forte.

A dimensão dos danos causados nas regiões Sul e Sudeste ainda está sendo avaliada, mas pontes e casas foram derrubadas, carros foram arrastados pelas águas e os transportes rodoviário, ferroviário e aéreo estão prejudicados. Uma das dez vítimas divulgadas pela imprensa internacional é uma menina de nove anos que vivia na província de Múrcia.

Notícias Relacionadas