Palmeiras encara Ponte Preta na luta para deixar o rebaixamento

São Paulo – Em busca da segunda vitória sob o comando do técnico Gilson Kleina no Campeonato Brasileiro, o Palmeiras recebe a Ponte Preta nesse sábado, às 21h, no Pacaembu, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. Essa será a última partida do alviverde na capital nas próximas semanas, já que foi punido pelo STJD com perda de quatro mandos de campo pelos objetos atirados no gramado no clássico contra o Corinthians.

Com a bola rolando, o clube tenta aproveitar o clima de otimismo desde a vitória contra o Figueirense para subir na tabela e deixar a 18ª posição, com 23 pontos. Já o adversário enfrenta o ex-comandante pela primeira vez justamente na estreia do novo treinador Guto Ferreira, que chega após o título de Campeão do Interior do Campeonato Paulista e com a missão de realizar uma boa campanha. O time campineiro está na 11ª posição, com 34 pontos ganhos.

Confiante em salvar o Palmeiras do rebaixamento no Campeonato Brasileiro e ex-comandante da Ponte Preta, o técnico Gilson Kleina rechaça ter mais facilidade nesse sábado. “Nós conhecemos (a Ponte Preta), pois a gente fez parte da montagem desse grupo atual, mas eles (jogadores da Ponte) também me conhecem. É uma equipe que compete bastante. Tivemos uma vitória fora de casa (contra o Figueirense), mas também queremos começar uma reação dentro de casa. Não vamos fugir da nossa característica, vamos criar as jogadas e fazer com que os jogadores possam mostrar o seu futebol da melhor maneira possível”, afirmou.

Para a partida, Gilson Kleina deve fazer apenas uma alteração em relação ao time que venceu o Figueirense, por 3 a 1, em Florianópolis. Com um edema na coxa direita, o polivalente Corrêa sequer foi relacionado para o confronto. Dessa forma, o lateral-direito Artur deve ganhar a vaga e atuar no setor. Já no meio, Valdivia e Assunção estão confirmados ao lado de Henrique e Márcio Aráujo, assim como Barcos e Maikon Leite no ataque. Já Luan, foi suspenso por três jogos pelo STJ pela expulsão sofrida no clássico contra o Corinthians e será desfalque.

Na Ponte Preta, o técnico Guto Ferreira, que fará sua estreia no comando alvinegro, terá uma volta importante. O lateral-direito Cicinho, recuperado de lesão no joelho esquerdo, está à disposição do treinador. Por outro lado, o atacante Giancarlo, com uma contratura muscular, está fora da partida.

O comandante elogiou o elenco pontepretano e disse que aos poucos vai conhecendo a equipe. “O grupo é bom e à altura da Ponte Preta. É um bom elenco, que trabalha muito e sabe o que quer. Por isso está fazendo essa grande campanha. Estamos estudando e conhecendo o time”, disse.

Palmeiras: Bruno; Arthur, Thiago Heleno, Maurício Ramos e Juninho; Henrique, Márcio Araújo, Marcos Assunção e Valdivia; Maikon Leite e Barcos.
Técnico: Gilson Kleina.

Ponte Preta: Edson Bastos; Tiago Alves, Ferron e Diego Sacoman; Cicinho, Baraka, Renê Júnior, Marcinho e Uendel; Nikão e Roger.
Técnico: Guto Ferreira.

Árbitro: Guilherme Ceretta de Lima (SP);
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho e Bruno Salgado Rizo, ambos de São Paulo;
Assistentes Adicionais: Flávio Rodrigues Guerra e Rodrigo Braghetto, ambos de São Paulo;
Quarto árbitro: Vinicius Furlan (SP);
Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo;
Data: dia 29 de setembro, às 21h.

Notícias Relacionadas