Lula chama Russomanno de desqualificado durante discurso em SP

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva atacou pela primeira vez o candidato do PRB à Prefeitura de São Paulo, Celso Russomanno, ao lamentar que pessoas sem “qualificação necessária” estejam à frente do petista Fernando Haddad na disputa.

O partido de Russomanno compõe a base de governo Dilma Rousseff. Em evento de campanha de Haddad na Uninove, sem citar o nome de Russomanno, Lula disse:

“Eu fico imaginando ‘nossa senhora, como é que pode?’, numa cidade que tem o privilégio de ter um companheiro desses como candidato [Haddad], a gente vê pessoas que não têm a qualificação necessária na frente da pesquisa.”

E completou: “Algo está errado. E o que é o algo que está errado? Certamente somos nós, que não estamos conseguindo vender o nosso candidato com a grandeza que ele tem”.

Lula disse que “a gente tem que fazer o milagre da multiplicação dos votos”. Ao dar conselhos a Haddad, ele disse que já perdeu eleições e que saiu com a cabeça erguida.

Haddad também fez críticas a Russomanno. Refutou as comparações do candidato com Lula pela falta de experiência administrativa antes de assumir o cargo e disse que, quando chegou à Presidência, o petista tinha um amplo pacto com a sociedade e “estava podendo”. Segundo ele, esse não é o caso de Russomanno.

“É importante saber para quem se governa e com quem se governa”, afirmou. Russomanno tem apoio da Igreja Universal do Reino de Deus.

No discurso, o candidato petista se referiu a Gilberto Kassab como “esse fulano”. (Folha)

Notícias Relacionadas