Professores reclamam salários e fazem nova paralisação hoje

Professores da rede estadual, que fizeram greve de 115 dias entre abril e agosto deste ano, vão fazer nova paralisação hoje. “Continuamos (com as paralisações) porque o governo ainda não sentou para negociar. Enquanto isso não acontecer, a gente continua”, afirmou o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB), Rui Oliveira.

A categoria reivindica principalmente ajustes salariais. Ainda de acordo com Oliveira, outra paralisação está prevista para o próximo dia 3 de outubro, quarta-feira que vem. O presidente do sindicato garante que a paralisação de hoje vai atingir as escolas de todo o estado. Há uma reunião prevista no Hotel Fiesta, no Itai-gara, para um debate sobre o Ensino Médio. Segundo a APLB, é uma atividade de protesto.

Para a paralisação de quarta-feira, os professores prevêm atividades na Piedade. A assessoria da Secretaria da Educação do Estado (SEC) informou que não foi notificada sobre a paralisação de hoje e que inclusive foi convidada para participar do seminário no Hotel Resta. Ainda de acordo com a assessoria, um representante da secretaria estará presente no encontro.

Notícias Relacionadas