Deputado acusa Zé Neto de cobrar “mensalinho” de assessores

Targino Machado no plenário da Assembleia Legislativa
Targino Machado no plenário da Assembleia Legislativa
LUÍS AUGUSTO GOMES

O deputado Targino Machado (PSC) disse que, ao levar para a Assembleia Legislativa a denúncia de que o deputado Zé Neto (PT) estaria “cobrando mensalinho de seus assessores e servidores”, deseja verificar se o recém-criado colegiado para apurar falta de decoro de parlamentares é “uma comissão de ética ou de etiqueta”.

A acusação ao líder do governo e candidato à Prefeitura de Feira de Santana foi feita pelo vereador feirense Justiniano Oliveira França (DEM), que encaminhou notícia-crime ao Ministério Público, acompanhado de um áudio que retrataria Zé Neto reunido com sua equipe, emitindo conceitos e fazendo cálculos.

Ao requerer aos promotores a apuração da denúncia, o vereador diz tratar-se de “prática inconstitucional, ilícita, criminosa”, e afirma que “a conduta do denunciado era pautada na ameaça”, porque “aqueles que não aceitavam o pagamento de comissão (…) eram, de pronto, exonerados, perdendo seus cargos”.

Candidato vê trama contra sua imagem – O deputado Zé Neto disse a Por Escrito que a denúncia é “um factoide eleitoral, uma montagem vulgar”, em que ele só reconhecerá sua voz sob prova pericial, e que foi engendrada pelo seu adversário José Ronaldo (DEM) após o programa eleitoral do PT “demonstrar que Ronaldo tem três processos contra ele”.

Entretanto, admitindo que “podem ter sido usados trechos” de reuniões de que participou, chama a atenção para o fato de que, no áudio e na transcrição, ele não conversa com ninguém e diz “coisas genéricas”. Isso seria prova, também, de que seu gabinete “está sendo grampeado ilegalmente”.

O ex-prefeito, segundo Zé Neto, tem três processos na Justiça Federal, movidos pela União, por responsabilidade nos fatos denunciados pela Operação Sanguessuga, da Polícia Federal, em 2006.

“Ele faz um esforço para atingir minha imagem. Hoje mesmo, eles amanheceram com a história de que o vereador (denunciante) sofreu um atentado a bomba na casa dele de madrugada”.

Opositor não gostou de insinuação – “Agora, tem deputado aí que chega 11 da manhã, acorda 10, vem aqui de manhã uma vez ou duas, quando tem comissão pra votar, recebe as pessoas de tarde, faz uma malinha de dinheiro e leva pra casa”.

É esse o trecho do áudio – caso seja mesmo sua a voz – que mais seria negativo a Zé Neto, porque é aquele em que ele fere o corporativismo inegável que permeia a convivência dos parlamentares.

O deputado Targino se pegou nessa parte: “Por favor, lhe encareço, nomine os deputados que levam dinheiro na mala, porque toda imputação genérica é infame. Me exclua disso. Creio também que outros tantos deputados deverão lhe pedir explicações. Não acredito que haja maioria de corruptos na Assembleia”.

Zé Neto reitera sua crença de que houve adulteração em palavras que, em algum momento, pronunciou. “Por exemplo, essa história de dizer que deputado chega atrasado, era uma crítica que eu sempre fazia quando era oposição, porque não conseguíamos reunir as comissões”.

O líder afirmou que não está “agredindo ninguém” nem se referindo “especificamente a ninguém” e que, para ele, “a acusação é tão desqualificada que nem deveria merecer tanta atenção da imprensa”, já que “o objetivo dele (José Ronaldo) é desviar o foco do debate em Feira”.

Nilo e Targino trocam tapas (na mesa) – A “bomba” de Targino estava anunciada como tal desde o dia anterior, inclusive com convocação à imprensa para as 15h30 de ontem, e causou especulação sobre o assunto durante toda a manhã. Até a pobre da TWB foi arrolada como possível vítima e, com ela, o governo do Estado.

Tal foi a situação que o presidente Marcelo Nilo, antevendo problemas, desceu para abrir a sessão, às 14h45, o que só faz em ocasiões especiais. E, de início, Nilo teve um sério entrevero com Targino, que usava indevidamente uma questão de ordem para fazer discurso, um hábito entre os deputados.

Alegando o Regimento, o presidente interrompeu a fala de Targino, ambos se alteraram, Nilo bateu três a quatro vezes na mesa, Targino respondeu também com murros na mesa, frisando que sabia fazer isso.

A discussão resultou inútil, porque, em seguida, veio a fase dos pequenos pronunciamentos que são feitos, por acordo, antes do encerramento das sessões. Targino fez sua acusação e convidou os jornalistas para a entrevista no Comitê de Imprensa.

Do popular ao jurídico – A tentativa de Targino de falar em questão de ordem decorreu de pedido de verificação de quórum do deputado Gildásio Penedo (PSD). É missão a ser cumprida por parlamentar governista sempre que não interessa debater algum assunto.

O oposicionista fez questão de lembrar que “o deputado Gildásio é o antigo líder da oposição e hoje candidato a líder do governo”, e que praticou uma “operação-abafa”. Instado sobre a dureza da expressão, sugeriu: “Então bote ação acautelatória”. (Por Escrito)

Notícias Relacionadas

17 Comentários

  1. M.S.A

    o ex-prefeito estar morrendo de medo,ele ta despencando nas pesquisas.

  2. José Vital Leite

    Os petistas tem uma genética comum a todos: Quando ver dinheiro e poder, dá coceira”

  3. Fedegoso

    Eu quero é novidade. Quando vc quiser montar um puteiro desses de arrombar, desses de todo tamanhão, por favor, vá se aconselhar com os moralistas, eles terão a melhor receita de sucesso. Né, Zé! Êita Zé! Zé não me surpreeende, ele se revela a cada dia que passa mais…Zé! Um grande Zé b…

  4. JANIO SANTOS

    QUAL O DEPUTADO OU VEREADOR QUE COM A VERBA DE PAGAR OS ASSESSORES ACABAM DIVIDINDO COM OS CABOS ELEITORAIS OU SEJA AO INVEZ DE PAGAR 5,000 A UM ACESSOR DIVIDE PRA TRES E O DEPUTADO TARGINO MACHADO SABE MUITO BEM DISSO E POVO DE SÃO GONSALO TAMBEM, CIDADE NATAL DE TARGINO NA QUAL ELE TA MAIS SUJO DO Q PAU DE GALINHEIRO

  5. JOÉL MARCOS

    SOU FILHO DE SÃO GONSALO A ESSE HOMEM TEM CRIMES NAS COSTA USA DO PODER PRA SE BENEFICIAR E AGORA QUER POUSAR DE BOM MOÇO ABRAM O OLHO FEIRA DE SANTANA TARGINO MARCHADO NÃO É PEÇA BOA NÃO!!!!

  6. Ana Machado

    Feira de Santana vai eleger Ronaldo e pagar caro, capaz de junto com Justiniano, seu laranja oficial, de macular a imagem de Zé Neto que vive cercado de invejosos e covardes que nada fazem por Feira e critica quem trabalha. Vamos ver o que virá para Ronaldo. Esperem o futuro dirá!

  7. Lenise Ferreira

    Justiça Eleitoral, José Ronaldo e Justiniano França têm 24 horas para retirar vídeos da internet

    Zé Neto acionou a Justiça Eleitoral solicitando a retirada do mesmo da rede. (Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) – Jornal Grande Bahia)
    Depois de ser vítima de acusações caluniosas divulgadas através de um vídeo na internet, o deputado estadual e candidato à prefeitura de Feira de Santana pela Coligação um Novo Caminho para Feira (PT-PP-PSB-PCdoB), Zé Neto , acionou a Justiça Eleitoral solicitando a retirada do mesmo da rede.
    A decisão da Juíza Luciana Magalhães Oliveira Amorim foi favorável ao petista e a sua Coligação. Os denunciantes, o ex-prefeito José Ronaldo, Justiniano França (DEM) e a coligação “O trabalho vai voltar” têm até 24h para retirar o vídeo da internet e deixar de divulgar a propaganda eleitoral irregular. Se insistirem em veicular o conteúdo, estarão descumprindo ordem judicial.
    A medida foi tomada por conta da falta de contextualização das informações apresentadas. De acordo com a juíza, o material apresentado pelos democratas não possibilita saber “como, quando e onde se deu a gravação do áudio, nem de quem foi o responsável por ela, de modo que se possa apurar a legalidade de sua divulgação”.
    A magistrada lembrou ainda que a gravação de áudios ambientais sem a autorização de uma das partes pode ser caracterizada como ação ilegal e que essa conduta não condiz com o comportamento esperado dos candidatos em propagandas eleitorais.
    Campanha limpa de Zé Neto arrasa a do ex-prefeito na batalha judicial
    Nesta quinta-feira (27), deu-se mais um round na batalha político-judicial travada entre os dois principais candidatos à eleição municipal em Feira de Santana. Até agora, foram sete rounds, seis vencidos pelo candidato Zé Neto e um pelo candidato José Ronaldo.
    O candidato petista conseguiu suspender a veiculação de alguns programas eleitorais no rádio e TV do candidato do DEM por ofender e macular a imagem de Zé Neto. Por sua vez, José Ronaldo obteve apenas a retirada de inserções em face da utilização, por Zé Neto, de recursos de computação gráfica.
    Hoje a Justiça Eleitoral assegurou ao Deputado Zé Neto mais duas vitórias no âmbito judicial da campanha. A primeira proibindo a reprodução e veiculação de inserções relacionando o petista a situação da Polícia Militar, dos professores estaduais e o estado do Hospital Geral Cleriston Andrade, por entender que o mesmo não teve participação direta ou exclusiva nos casos.
    A segunda vitória assegurou a retirada da rede do vídeo com acusações caluniosas contra o petista. Os denunciantes, o ex-prefeito José Ronaldo, e o vereador Justiniano França (DEM) da coligação “O trabalho vai voltar” tem até 24h para retirar o vídeo da internet e deixar de divulgar a propaganda eleitoral irregular. Se insistirem em veicular o conteúdo, estarão descumprindo ordem judicial, sob pena de aplicação de multa.
    A medida foi tomada por conta da falta de contextualização das informações apresentadas. De acordo com a juíza, o material apresentado pelos democratas não possibilita saber “como, quando e onde se deu a gravação do áudio, nem de quem foi o responsável por ela, de modo que se possa apurar a legalidade de sua divulgação”.

    FAZER POLÍTICA É UMA COISA, JOGAR SUJO E BAIXO COMO ACONTECEU NESTE CASO É OUTRA.

  8. Marina

    QUEM É ESTE TAL DE TARGINO MACHADO? O QUE ELE FEZ PELO ESTADO ? o que ele já fez por Feira de Santana? Quem é este homem?

    quanto ao justiniano, ele trabalhava em 2006 na prefeitura de Feira com Zé Ronaldo e com um diretor que junto com ele já espalhavam estas mentiras. Foram interpelados ao vivo num programa de rádio e negaram ter dito a mesma história de agora…

    Isto é paixão por Feira ou apego a outra coisa????? Paixão por Feira deve ser demonstrada com ações e benefícios ao povo e ao patrimônio público. viver de fofoca, intrigas e mentiras me parece coisa de gente sem argumentos, sem embasamentos mas de uma índole que muito deixa a desejar.

  9. Fedegoso

    E ninguém vai negar os fatos? Ou só os modos de obtenção estão errados? Meu Deus! “Quem será de mim?”

  10. furacão

    ZÉ NETO PUBLICA QUE JOSÉ RONALDO DESVIA R$ 4.000,00,”QUATRO MIL REAIS” DAS AMBULÂNCIAS RONALDO PROVA COM DOCUMENTOS EXPEDIDO PELA JUSTIÇA FEDERAL QUE NÃO HOUVE NENHUM DESVIU DE VALORES,E, O JUIZ ELEITORAL DE FEIRA DE SANTANA NÃO MANDA RETIRAR,MAIS A GRAVAÇÃO DA FALA DE ZÉ NETO QUE É AUTENTICA ,E CONFIRMADA PELO PRÓPRIO,E QUE PODE SER COMPROVADO ATRAVES DE EXAMES FONODIOLOGOS,A JUSTIÇA ELEITORAL MANDA RETIRAR EM 24 HORAS PORQUE NÃO TEVE AUTORIZAÇÃO DO MESMO PARA REALIZAR TAL GRAVAÇÃO.ANALISEM BEM UM POLÍTICO DA QUALIDADE DE JOSÉ RONALDO IRIA SE SUJAR POR ESTE VALOR? E O ZÉ NETO IRIA PERMITIR QUALQUER GRAVAÇÃO QUE POSSA LHE COMPROMETER EM ALGUM MENSALINHO?

  11. JOÉL MARCOS

    o vereador justiniano nos deixa decepicionados muito me adimira um homem q se diz evangelico estar envolvido nesses tipos de calunia uma verdadeira vergonha para o movimento envagelico e assim podemos ver como o poder e o dinheiro sobe para cabeça de muito q esqueçe até os seus pricipios!!!!!

  12. Lenise Ferreira

    Prezados amigos do JM,

    gostaria que vcs publicassem os resultados das denúncias feitas de forma irresponsável pelo Deputado Targino Machado, pelo vereador Justiniano e pelo candidato José Ronaldo. A justiça provou que houve edição da tal gravação com o propósito de induzir a erro o julgamento do povo. Em decorrência disto a justiça determinou a retirada das matérias veiculadas pelos senhores aqui citados.
    Como leitora que sempre respeitou este meio de comunicação pela sua isenção ao publicar os fatos, quero contar com a mesma isenção e imparcialidade, vendo aqui divulgados os resultados das perícias e as ações decorrentes das mentiras que foram veiculadas.
    Como irmã do homem Zé Neto, conheço o caráter do mesmo e me sinto muito à vontade para sair na defesa dele.
    Esta “estória” de “mensalinho” ou “mensalão”, foi comentada por este Sr. Justiniano em 2007 durante um almoço em Feira de Santana onde estavam presentes no Restaurante Picui, o ex prefeito de Vera Cruz, Eu, então secretária de Des. Social de Vera Cruz, um diretor da secretaria de limpeza urbana da prefeitura de Feira de Santana (salve engano de nome Luiz) e o Sr. Justiniano que naquele momento não sabia que estava diante deles a irmã de Zé Neto. Me mantive calada quando o Sr. Luis disse que o mensalão havia chegado à Feira através do deputado Zé Neto pois eu estava ali a serviço da prefeitura de Vera Cruz. O então prefeito de Vera Cruz desconversou pois percebeu o meu desconforto. Assim que saimos do restaurante liguei para Zé Neto e comentei o ocorrido. Este, ligou para o tal Luiz, durante um programa de rádio ao vivo e interpelou sobre as acusações. O Sr. Luiz negou ter feito tal comentário. Dias depois foi a minha sala se justificar e disse ter comentado apenas o que ouviu falar e que o Deputado Zé Neto era um homem conceituado de quem ele gostava e respeitava.
    Associar o nome de Zé Neto ao fato de que outros membros do partido dele cometeram erros que considero gravíssimos nos permite então associar o nome do candidato José Ronaldo e destes outros elementos ao Mensalão do DEM.
    Devemos julgar os homens por suas histórias de vida, não pelo partido, pelo credo, cor ou raça.

    1. JORNAL DA MÍDIA

      Prezada leitora Lenise,

      O JORNAL DA MÍDIA publicou matéria completa sobre o resultado da perícia técnica que constatou que o áudio que faz referência ao Deputado Zé Neto foi montado de forma até grosseira, segundo o laudo técnico.

      A matéria do JM tem o título Fala de Zé Neto foi editada, diz perito criminal.

      O link é http://www.jornaldamidia.com.br/2012/10/01/fala-de-ze-neto-foi-editada-diz-perito-criminal/

      Estamos à disposição para qualquer outro esclarecimento.

      Sds,
      Redação do JORNAL DA MÍDIA

  13. JOÉL MARCOS

    então gente um homem q se diz evangelico,anda dentro da igreja usando a palavra de Deus pra dizer q é bom samaritano,mereçe a confiança do povo. quem é mais importante pra ele o poder e o dinheiro ou a palavra de DEUS que estar escrito das escrituras sagradas q o pai da mentira é o diabo… A QUEM REALMENTE ELE SERVE A DEUS OU AO diabo…… peça perdão a DEUS vereador justiniano frança, pois o sr.sabe muito bem q quando DEUS CASTIGA ELE FAZ JUSTIÇA…..

  14. LENISE FERREIRA

    OBRIGADA PELA ATENÇÃO PREZADOS AMIGOS DO JM.

    OBRIGADA SR. JOEL.

    A MINHA PREOCUPAÇÃO NÃO ESTA SENDO COLOCADA AQUI PORQUE SOU POLITICAMENTE FAVORÁVEL A A, B OU C. Estou aqui por uma questão de justiça.

Comentários estão suspensos