Neymar brilha e Santos é campeão da Recopa

Neymar marcou o primeiro gol do Peixe e ainda perdeu um pênalti (Foto: SantosFC/Divulgação)
São Paulo – Buscando o título da Recopa Sul-Americana, o Santos recebeu a Universidade de Chile (CHI) nesta quarta-feira (26) pelo jogo de volta das finais da competição e venceu a partida por 2 a 0, garantindo o título da competição, que envolve os campeões da Taça Libertadores da América e da Copa Sul-Americana.

Logo no começo da partida, Neymar fez a jogada e arriscou de longe, finalizando com perigo contra a meta da Universidad. A equipe chilena respondeu na jogada de Ubilla, que lançou na área, a defesa deu rebote, mas Rafael conseguiu afastar.

Os chilenos buscavam ficar com a posse de bola e exerciam marcação na saída de bola do Santos, que tentava chegar ao ataque, como na tentativa de Arouca, que foi desarmado na área. Aos 12, Felipe Anderson tentou o cruzamento em cobrança de falta, mas sem sucesso.

Neymar cobrou falta aos 17 e acertou a barreira. Depois, Patito Rodríguez fez o cruzamento para a área e forçou Johnny Herrera a sair para a defesa. Aos 21, Aranguíz arriscou o chute e a bola passou perto da meta defendida por Rafael.

A Universidade pressionava mais, com o Santos tentando apostar na abertura de espaço na defesa adversária. Quando a equipe da Vila Belmiro conseguiu chegar, fez o gol. Neymar tabelou, invadiu a área e bateu forte para abrir o placar do Pacaembu.

Patito Rodríguez tentou o chute, mas a bola ficou nas mãos de Johnny Herrera. Pelo lado da equipe visitante, Matías Rodríguez subiu para o cabeceio, mas colocou a bola para fora. Felipe Anderson, aos 36, partiu com a bola e chutou da entrada da área com perigo contra a meta da Universidad.

O Santos pressionava mais nos minutos finais e teve pênalti a seu favor quando Neymar foi derrubado na área. O camisa 11 foi para a cobrança e viu o goleiro da Universidad de Chile fazer a defesa e evitar o segundo tento santista.

No segundo tempo, a equipe chilena começou a partida buscando criar mais chances de gol. Aos cinco minutos, Ubilla teve a chance de marcar, mas não conseguiu cabecear a bola para dentro das redes. Felipe Anderson fez o passe para Patito Rodríguez, que cruzou sem sucesso para a área.

Patito Rodríguez arriscou novamente e Johnny Herrera fez a defesa. A Universidad respondeu na tentativa de Castro e Gérson Magrão desarmou na hora da finalização. O Santos respondeu aos 15 minutos, quando a bola foi cruzada na área por Felipe Anderson e Bruno Rodrigo cabeceou para marcar o segundo do Peixe.

Acevedo tentou cruzar a bola na área, mas não conseguiu finalizar a jogada. Aos 27, Neymar chegou com perigo e chutou para a defesa do goleiro da Universidad. Marino, aos 32, bateu falta e colocou a bola por cima da meta adversária.

O Santos controlava o jogo e administrava o resultado. André, aos 42, recebeu a bola, partiu pela esquerda e tentou o lançamento para a área e conseguiu o escanteio. Depois, foi só tocar a bola até o apito final para comemorar o título.

Ficha técnica

Santos 2 x 0 Universidad de Chile (CHI)

Local: Estádio Paulo Machado de Carvalho (Pacaembu), São Paulo (SP).

Árbitro: Martín Vázquez (URU/FIFA);
Assistentes: Mauricio Espinosa (URU/FIFA) e Miguel Nievas (URU/FIFA);

Santos: Rafael; Bruno Peres (Ewerton Páscoa), Bruno Rodrigo, Durval e Léo (Gérson Magrão); Adriano, Arouca e Felipe Anderson; Patito Rodriguez (Miralles), Neymar e André.
Técnico: Muricy Ramalho.

Universidad de Chile: Johnny Herrera; González, Acevedo (Magallanes) e Rojas; Matías Rodríguez (Castro), Martínez, Aránguiz (Marino), Mena e Lorenzetti; Ubilla e Gutiérrez.
Técnico: Jorge Sampaoli.

Gols: Neymar (SAN) aos 27 do primeiro tempo, Bruno Rodrigo (SAN) aos 16 do segundo tempo

CA: Adriano e Durval (SAN); Martínez, Lorenzetti, González e Rojas (UCH)

Notícias Relacionadas