Governo teme que ex-agente da Abin seja ligado ao WikiLeaks

CLÁUDIO HUMBERTO

A área da inteligência do governo federal entrou em pânico com a descoberta do roubo de dados supostamente confidencias realizado pelo ex-agente William (o sobrenome é omitido por segurança), que entrou na Agência Brasileira de Inteligência (Abin) há dois meses e passou a copiar papéis. O temor do governo é que o ex-araponga seja ligado ou pretendesse se ligar ao site WikiLeakes, de Julian Assange.

Vazou, acabou – O general Elito Siqueira, do Gabinete de Segurança Institucional, e a alta arapongagem temem “o fim da Abin” se houver “megavazamento”.

Volta à ativa – Aumentaram as preocupações do governo: o STF anulou a demissão do agente Nery Kluwe, suspeito de “vazar informações à imprensa”. (Coluna de Cláudio Humberto)

Notícias Relacionadas