Nova embarcação Salvador-Mar Grande faz travessia em 30 minutos

Salvador – A “Costa do Sol”, nova embarcação da travessia marítima do sistema Salvador-Mar Grande, já está em Salvador. Depois de passar por todos os testes e vistoria da Capitania dos Portos, a lancha está à disposição do tráfego para atender aos baianos e turistas que utilizam a travessia. Na próxima sexta-feira (28) ela será apresentada ao público, às autoridades e à imprensa.

O sistema de propulsão da "Costa do Sol" tem 15% a mais de potência, permitindo que o percurso da travessia entre Salvador e Mar Grande seja feito em até 30 minutos. (Foto: Astramab/Divulgação)

Mais moderna e veloz, com condições de fazer o percurso entre a capital e a Ilha de Itaparica em apenas 30 minutos, a “Costa do Sol’’, com capacidade para 280 passageiros, foi construída em estaleiro de Cajaíba do Sul, município de Camamu, com investimento da CL Transportes, empresa vencedora de um dos dois lotes da licitação pública feita pelo Governo do Estado, através da Agerba, para a linha Salvador-Mar Grande. Em vez de bancos, a “Costa do Sol” conta com cadeiras iguais a que equipam os ônibus, para proporcionar mais conforto aos usuários, televisores LCD no salão principal de passageiros e sistema de som ambiente.

“O investimento nessa embarcação é parte do nosso compromisso com os usuários e com o Governo do Estado, em renovar a frota e melhorar ainda mais a qualidade de serviço que prestamos aos baianos e turistas. Agora com o sistema Salvador-Mar Grande regulamentado pela Agerba, vamos poder investir mais e captar recursos para a incorporação de novos barcos”, explicou Lívio Galvão, presidente da CL Transportes.

A “Costa do Sol” foi construída em oito meses pelo Estaleiro José Oliveira, em Cajaíba do Sul, que abriga o maior pólo naval da Bahia, com cerca de 25 construtores. Em Cajaíba são construídas lanchas de grande porte e escunas sob encomenda de diversos estados do Brasil e de países da América do Sul, Caribe e Europa.

A embarcação é equipada com dois modernos motores MWM, com 240 cavalos cada um. Com isso, o sistema de propulsão ganhou cerca de 15% a mais de potência, permitindo que o percurso da travessia entre Salvador e Mar Grande seja feito em até 30 minutos, contra 40 minutos, em média, das demais embarcações que compõem hoje a frota do sistema.

“Temos um usuário fiel, que gosta do sistema de Mar Grande pela agilidade e cumprimento rigoroso dos horários. A tendência é que com a regulamentação da travessia, o serviço seja modernizado como um todo, inclusive na parte de infraestrutura dos terminais, já que existe um projeto do governo para reforma e dragagem do Terminal de Vera Cruz e uma completa modernização do Terminal Náutico da Bahia, tudo visando o conforto e a comodidade dos passageiros”, disse Lívio Galvão.

O presidente da Associação dos Transportadores Marítimos da Bahia (Astramab), Jacinto Chagas, informou que no próximo Verão existe a expectativa de que a demanda de passageiros do sistema Salvador-Mar Grande cresça ainda mais. Hoje, na baixa estação, utilizam a travessia cerca de 4 mil pessoas/dia, mas na alta temporada este número mais que dobra, chegando a 10 mil passageiros/dia. Com a incorporação da “Costa do Sol” o sistema contará com uma frota de 12 embarcações.

Notícias Relacionadas