Ahmadinejad: apoiar homossexuais é coisa de ‘capitalistas de linha dura’

CLÁUDIO HUMBERTO

O presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, afirmou nesta terça-feira (25) que todos aqueles que apóiam a homossexualidade são “capitalistas de linha dura”. Para ele, trata-se de um “um comportamento muito desagradável” que proíbe “todos os profetas de todas as religiões e todas as fés”.

Ahmadinejad chegou a ridicularizou políticos e partidos que defendem gays e lésbicas “apenas para ganhar quatro ou cinco votos a mais”.

“Este tipo de apoio à homossexualidade está apenas nas mentes dos capitalistas de linha dura e daqueles que apenas apoiam o crescimento do capital, mais do que os valores humanos”, disse. (Coluna de Cláudio Humberto)

Notícias Relacionadas