‘Conservadores’ vinculam PT à morte do ex-prefeito Celso Daniel, diz Lula

CLÁUDIO HUMBERTO

Em comício neste domingo (23) em Santo André, no ABC paulista, o ex-presidente Lula acusou “conservadores” de tentarem ligar o PT à morte do ex-prefeito Celso Daniel, assassinado em janeiro de 2002. Ele citou o ex-prefeito no palanque ao pedir votos para o candidato do partido na cidade, Carlos Grana.

“Nessa cidade, os conservadores chegaram ao absurdo de achar que o PT tinha coisa a ver com a morte do Celso Daniel. Possivelmente para apagar a memória daquele que foi o melhor prefeito que essa cidade já conheceu em toda a sua história”, afirmou.

Lula não citou as investigações do Ministério Público de São Paulo que ligam o crime ao PT. Em ação de improbidade administrativa que corre na Justiça, o Ministério Público vincula o assassinato a um suposto esquema de corrupção para desviar verbas do município para campanhas do partido.

O ministro Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral da Presidência), que foi secretário de Governo da prefeitura na gestão de Daniel, é um dos réus do processo. (Coluna de Cláudio Humberto)

Notícias Relacionadas