TWB cai de quatro depois de arruinar completamente o sistema ferryboat

Eduardo Pessoa, diretor-executivo da Agerba, chega com a polícia ao Terminal de São Joaquim para tirar a TWB. Este senhor conseguiu documentar através de auditoria, as inúmeras irregularidades praticadas pela companhia das três letrinhas na Bahia, a maioria denunciadas em mais de 200 matérias produzidas pelo JORNAL DA MÍDIA sobre o Caso TWB. O rombo deixado pela TWB não tem precedentes. (Foto: Reprodução/A Tarde)

REDAÇÃO DO JORNAL DA MÍDIA

Quem não conhece o presidente da TWB, o empresário Pinto dos Santos, deve estar sensibilizadíssimo com o choro destilado por ele, ontem, ao final da tarde, no Terminal de São Joaquim. Teve até coleguinhas da imprensa, dizem, que ficaram com pena.

O dono da TWB demonstra agora tristeza, decepção e muita revolta com o governo por sua empresa ter sido obrigada a deixar as instalações que ocupava nos terminais marítimos pela polícia. É de uma humildade que dá dó. Ao se despedir dos funcionários chorou copiosamente.

Por pouco não pediu o lenço a Eduardo Pessoa, diretor da Agerba, para enxugar as lágrimas. Pessoa estava por perto, percorrendo o terminal com a polícia.

Pinto é muito diferente, agora, depois do uso da intervenção pelo governo. Não é de longe aquele que costumava cantar de galo nos gabinetes da Agerba, da Seinfra, da Casa Civil e por aí a fora. Ou daquele que criticava abertamente o governo na imprensa, quando por algum motivo não era atendido.

Ali era o autêntico Pinto, o arrogante, que desfrutava de privilégios para receber as benesses do governo, para perseguir e demitir servidores e até fiscais da Agerba que multavam sua empresa negligente, não é mais aquele. O Pinto que humilhou o povo da Bahia com um servicinho ordinário no ferryboat, mudou muito rapidamente. Caiu de quatro. A polícia realmente é capaz de tudo!

Quando chegava na Agerba, por exemplo, dizia abertamente que sua empresa ainda estava na Bahia para fazer favor e que não fazia a menor questão de deixar o sistema ferryboat. Disse isso também ao governador Jaques Wagner e ao secretário Otto Alencar.

Mas quando o governador lhe chamou para dizer que a TWB precisava sair do sistema ferryboat, o Pinto mudou. Disse que não era bem assim, deu pulinhos, ficou vermelho, esperneou e passou a pedir R$ 190 milhões de indenização. Ameaçou entrar na justiça e entrou.

As relações entre a TWB e o governo se deterioram completamente nos últimos meses. O governo teve que se valer da intervenção, que na verdade é um ato de força. Só assim conseguiria tirar Pinto de lá. Mas veja como Pinto dos Santos ficou humilde, nessa declaração ao jornal A Tarde de hoje:

“O estado continua em posição de conflito, tendo decretado a intervenção na empresa (TWB). Nada disso é necessário. Bastaria que o governo manifestasse interesse que os serviços lhe seriam imediatamente devolvidos“.

É brincadeira de mau gosto ouvir o dono da TWB declarar isso agora.

Mas confira como reagiu Otto Alencar, secretário de Infraestrutura, à declaração de Pinto:

“Ainda não recebemos a carta aberta dele (Pinto), mas o governo aceita a devolução sem problemas, esperamos por isso há tempos. A mudança de empresa foi a melhor opção para os usuários do sistema ferryboat. Não tinha mais como continuar com uma empresa que negligenciava o serviço”.

A TWB se estraçalhou. Cometeu erros amadores ultimamente, talvez na expectativa de que o governo fosse recuar. Seu presidente entrou em desespero. A última cartada foi aquele debate na Comissão de Infraestrutura da Assembleia Legislativa, em que Pinto dos Santos ganhou uns aliados já conhecidos. Só que a partir do debate veio à tona toda a ilegalidade praticada pela empresa na Bahia, escancarada pelo diretor Eduardo Pessoa, da Agerba. Foi o fim. Foi o enterro da TWB.

Pinto também menosprezou um provérbio, que o JORNAL DA MÍDIA gosta muito:

Água mole em pedra dura tanto bate até que fura.

Notícias Relacionadas

11 Comentários

  1. Sérrgio Palma

    Eu quero saber é o que vai acontecer com o meu dinheiro que esta creditado na minha conta do cartão do SIBE – Sistema de Bilhetagem Eletrônico da TWB.
    Eu quero ele de volta

  2. Carlos de Vosta

    Todo mundo aparecendo às custas do Jornal da Mídia. Este Eduardo Pessoa só sabe tirar proveito da situação. Esse governo é uma mosca…vagabundos aproveitadores. pq não mostram e divulgam o vídeo? eu nai acredito em vcs …são todos aproveitadores de umsa situação.

  3. Antonio

    Essa é uma pergunta bem interessante: a TWB não sofreu intervenção? Me respondam, sofreu ou não? E pq a TWB contoinua tirando dinheiro nos terminais da Gamboa, Morro de S Paulo e Ponta do Curral? Esqueceram foi:? Esse diretor da Agerba só faz faturar em cima do Jornal da Mídia. Tome vergonha homi…

  4. DECEPCIONADA DE SALVADOR

    Depois que o sistema fica completamente deteriorado aí aparece o pt com o seu jeito de governar.
    A população ainda vai sofrer e muito. Deixe passar a eleição!!!

  5. Vital

    Com a palavra o deputado do PT rosemberg pinto, grande defensor da TWB cujo dono é outro pinto

  6. Luis

    Acredito que o Sr Pessoa esteja aborrecido com a TWB, porque não mais depositou para ele ficar calado, porque só anda com escolta policial? esta com medo de quem, tem muita roupa suja deste Sr para lavar, agora esta lá no terminal amedrontando os funcionários com os seguranças atras para se proteger, acorda Otto e Wagner, faz uma auditoria em cima deste homem.

  7. Carlos de Vosta

    Caros e Caras, Vejam o Diretor da Agerba está se consagrando com esta intervenção. Só fez aproveitar TUDO que o JORNAL DA MÍDIA publicou sobre a TWB para caminhar para a intervenção. Quantos aproveitadores na Bahia né. Quem derrubou todo o serviço foram voc^cês do Jornal da Mídia, o mérito é todo de vocês e esse governo sacana, que escondia os podres, devia era agradecer a vcs pela campanha. Quem é mais esclarecido sabe muito bem que não foi ninguém foi o JORNALDA MÍDIA. E tem outra coisa: isso aí so foi feito agora por conta das eleições. Para o PT faturar em cima.

    E os nomes dos corruptos? a Polícia vai divulgar ou não? Aqueles que recebiam propina da TWB, dentro da Agerba, nos gabinetes por aí, gente que já saiu da Agerba e encheu os bolsos esses malandros ladrões não vao ser investigados?

  8. Romilson Muniz

    Porque a TWB ainda esta administrando os terminais de morro de sao paulo ,gamboa e atracadoro Agerba jornal da midia nos ajudem a tirar essa empresa daqui.

  9. MARIO SILVA

    Gostaria que o Sr.Eduardo Pessoa,respondesse aos usuarios do sistema ferryboat,se apartir do dia 20/09/12,data em que a AGERBA assumiu o comando das operaçoes,ate a presente data,se houve alguma melhoria,para que o mesmo já cogite um aumento de 5,11%,nas passagens para nova empresa que nem assumiu ainda. Tambem gostaria de saber o porque das tarifas serem majoradas em 32% aos sabados ,domingos e feriados,tendo em vista que outros serviços publicos, continuam com o mesmo valor,passagem de onibus,aviao,energia,,salarios, combustiveis .O povo que saber SR.EDUARDO PESSOA RESPONDA POR FAVOR.

  10. antonio borges

    Mas as sucatas ainda permanecerão em operação?
    Acho melhor atravessar na ponte que o governo prometeu…

  11. romulo

    mano falar e Facil qro.ver vc fazer o.q.essa empresa faz pelos trabalhodores de la do morro e etc. romilson. qm e vc pra falar tem uma associacaozinha cobra saida dwstes terminas q vc msm citou e nem com isso consegui pagar em dias seus compromisos.acho sim q sstar mais q na hora dq agerba ver o q vc faz combrando uma taxa de utilizao do.poer no valor absurdo .
    0.90rs so pros passageiros terem acesso ao porto explica vc.pq os passageiros q vao no horaio de Eneas? se liga rapa vc deve mais do q a twb…

Comentários estão suspensos