Bento XVI vê sinal forte de diálogo contra violência no Oriente Médio

AGÊNCIA ANSA

Cidade do Vaticano – O papa Bento XVI falou hoje, na Audiência Geral, sobre sua visita ao Líbano e reforçou que “chegou o momento de cristãos e muçulmanos darem o testemunho contra a violência e a guerra”.

O Pontífice lembrou que os muçulmanos o “acolheram com sincero respeito e consideração” e viu isso como um “sinal claro e forte de diálogo”.

“De frente a violência e dramas, demonstrei minha legítima aproximação àquela população e quis levar uma mensagem de paz e encorajamento”, explicou o Papa.

“Desejo que as várias mensagens de paz possam ajudar os governantes daquela região a darem passos decisivos nesse sentido”, afirmou Bento XVI, referindo-se aos diversos encontros com autoridades locais.

AnsaLatina

Notícias Relacionadas